Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação
Você está aqui: Página Inicial / Notícias

Notícias

Notícias deste site


Imagem no tamanho completo: 183.2 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 355.0 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download

100ª Distribuição Semestral

Como fazemos há 50 anos, a centésima distribuição semestral do Grupo Espírita Batuíra realizada dia 8 de Junho na Unidade Assistencial Dona Aninha distribuiu 12 toneladas de alimentos, cerca de mil cobertores, 1675 pares de calçados e mais de 13 mil peças de roupas para 295 famílias cadastradas no programa “Família Assistida”, beneficiando 1.675 pessoas moradoras em Vila Brasilândia e em seu entorno. Saiba mais.

12 toneladas de alimentos, cobertores, calçados

e 13 mil peças de roupas doados e distribuídos.

 

Alimentos, como arroz, feijão, macarrão, fubá, açúcar, óleo e sal de cozinha, chá, margarina, batata, laranja, banana, cebola e pães; cobertores de casal; calçados e roupas diversas, compuseram o kit distribuído para cada uma das 295 famílias previamente cadastradas pela equipe de voluntários do programa “Família Assistida” da Unidade Dona Aninha, em Vila Brasilândia, do Grupo Espírita Batuíra, totalizando 1695 pessoas atendidas. 

100ª Distribuição 100ª Distribuição100ª Distribuição100ª Distribuição
1.675 quilos de Arroz 1.675 quilos de Feijão 1.500 quilos de Fubá 1.000 quilos de açúcar
500 quilos de Macarrão 660 litros de Óleo de Cozinha 300 quilos de Sal 300 potes de Margarina
300 pacotes de Chá 2.500 quilos de Batata 640 dúzias de Banana 540 dúzias de Laranja
400 quilos de Cebola 700 pães 13.400 peças de roupas 1.675 pares de calçado
938 cobertores

50 anos promovendo cidadania

Com o tema "50 Anos Promovendo Cidadania, em 8 de junho, na Unidade Assistencial Dona Aninha, em Vila Brasilândia, a Distribuição Semestral chegou a sua centésima edição celebrando mais uma conquista que é o resultado do trabalho de todos os colaboradores, doadores, voluntários, amigos e simpatizantes do Grupo Espírita Batuíra, sob a supervisão incessante dos nossos benfeitores espirituais.

Ao longo destes 50 anos de GEB, muitos desafios foram superados. Grande esforço e cooperação já podiam ser observados na equipe de fundadores e voluntários nos primeiros anos de realização. No início, recebiam-se grandes sacos de arroz e feijão, cujos conteúdos eram colocados em uma banheira, onde as mulheres se ajoelhavam no chão para separar os quilos dos alimentos, colocando-os em sacos de papel, envoltos em jornal para reforçar, e entregavam-nos aos homens para dobrarem e amarrarem as embalagens.

A Distribuição, que antes era feita na Unidade Caiubi, nas Perdizes, passou a acontecer em Vila Brasilândia, contando com a colaboração cada vez maior de voluntários, amigos, simpatizantes e doadores para atender à demanda da população menos favorecida.

Para se ter uma ideia da dimensão e da importância desde trabalho, em cem edições da distribuição, foram atendidas mais de 30 mil famílias, cerca de 150 mil pessoas beneficiadas.

100ª Distribuição e 50º Festival "Dr. Adolfo Bezerra de Menezes"

Como de hábito, o pontapé inicial foi dado seis meses antes da distribuição, quando a equipe voluntária de visitação do programa "Família Assistida" verificou e acompanhou as necessidades de cada família assistida.

Essas informações foram passadas aos voluntários e voluntárias do Espaço Apinagés, onde foram separadas as doações de vestuário e calçados de acordo com os dados e tamanhos de cada um dos integrantes das famílias a serem beneficiadas.

As roupas, calçados e cobertores recebidos foram cuidadosamente tratados pelas carinhosas “fadinhas”, que consertaram e higienizaram as peças para entregá-las na melhor condição de uso pelos assistidos. A partir disso, os kits foram montados e armazenados até a chegada do momento da distribuição.

Embalagem dos alimentos

No sábado anterior, a unidade da Brasilândia recebeu número recorde de 80 voluntários engajados nas atividades de embalagem dos alimentos para a composição dos kits e de descarregamento do caminhão que trazia os pacotes de roupas oriundos da unidade Apinagés, onde foram preparados para a distribuição.

Entre esses voluntários, que frequentam os mais diversos trabalhos da Casa, destacaram os jovens do curso de informática e grupo de teatro do GEB, o que indica um importante reforço e renovação da equipe de voluntários da casa. No caso do grupo de teatro Brasa – Meninos da Brasilândia, busca-se transcender a arte, mostrando conceitos e atitudes morais que devemos desenvolver, além de fazer com que os meninos, desde cedo, compreendam que, assim como se tem a oportunidade de receber, precisa-se doar tempo e trabalho, o que é revertido em benefício para todos.

Dia da distribuição: solidariedade e cidadania

Às seis horas da manhã do domingo, no Jardim do Manecão, foi feita a prece de agradecimento e de boas vibrações para o trabalho, que logo mais se iniciaria. Duas horas depois, equipes de voluntários acolheram os representantes das famílias que chegavam, direcionando-os para o salão, onde podiam ouvir conselhos de reforma íntima, compreensão do próximo e confiança em Deus.

Depois disso, reforçado café-da-manhã preparado pela dedicada equipe da cozinha e da panificação foi servido aos familiares. Em seguida, era iniciado o trajeto deles para a retirada das doações, sempre auxiliado por dezenas de voluntários no transporte dos kits para os ônibus que os levariam às suas casas.

Enquanto isso, podia-se perceber o sentimento de gratidão dos assistidos presentes. “Isso aqui é tudo pra gente. Só tenho a agradecer e pedir que Deus continue abençoando todos vocês cada vez mais”, desejou uma representante de uma família de 16 membros.

A distribuição procura atender de forma planejada, continuada e gratuita as famílias selecionadas pelos critérios de precariedade econômica, desagregação familiar e situação de risco, fornecendo-lhes, quinzenalmente, gêneros básicos necessários a sua manutenção, durante um período médio de seis a nove meses.

Após o atendimento às famílias, os voluntários, os amigos, os colaboradores, os conselheiros e diretores do GEB se reuniram no auditório da unidade da Brasilândia para celebrar a finalização de mais uma distribuição semestral, que com certeza ficará marcada na memória da casa.

Ronaldo Lopes, presidente da diretoria executiva do GEB, ao agradecer a generosidade dos doadores e a colaboração dos presentes, ressaltou a importância de ter em mente o slogan utilizado para a comemoração dos 50 anos de existência da Casa: “Passado, presente e futuro na mesma direção”, como o grande desafio de garantir a continuidade das atividades desenvolvidas pelos fundadores do GEB.

 

Coral Interlúdio

Para homenagear e marcar o encerramento da centésima distribuição, o Coral Interlúdio brindou a todos com uma programação alegre e festiva, apresentando números musicais especialmente selecionados pela maestrina Eliana Galassi para o momento, encerrando com a contagiante Canção da Alegria Cristã cantada por um coro de mais uma centena de vozes. 

Imagens da 100ª Distribuição

  

 

  • Colaboração de Talita Caetano
  • Fotografia: Flavio Della Torre e Danilo Ramos


Imagem no tamanho completo: 118.6 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 104.3 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 75.3 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 186.2 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 82.8 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 92.6 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 164.5 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 105.5 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 79.3 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 100.9 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 776.8 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 710.8 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 103.6 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 143.4 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 94.7 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 83.5 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 115.7 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 135.7 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 100.1 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 1.2 MB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download

101ª Distribuição Semestral: Ação de Natal Entre Amigos

A 101ª Distribuição Semestral será realizada em 14 de Dezembro próximo na Unidade Assistencial Dona Aninha, em Vila Brasilândia. Como tradicionalmente fazemos há 50 anos, centenas de famílias inscritas no programa "Família Assistida" serão contempladas com cesta de alimentos, roupas, calçados e brinquedos. As doações destes gêneros podem ser feitas na Unidade Caiubi ou por meio de participação em nossa campanha Ação de Natal Entre Amigos. Clique aqui e saiba como participar!


Imagem no tamanho completo: 3.4 MB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 86.9 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 694.9 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 3.7 MB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 60.8 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 882.3 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 109.0 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 136.5 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 3.8 MB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 64.4 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 3.8 MB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 4.0 MB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 3.0 MB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 3.1 MB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 616.2 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 467.8 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 410.3 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 360.1 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 196.2 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 263.8 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 437.8 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 171.4 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 3.2 MB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download

103ª Distribuição Semestral: Natal solidário para 344 famílias assistidas.

Manhã de solidariedade e de fraternidade: 13 toneladas de alimentos diversos, mais de 11 mil peças de roupas variadas, 1.669 pares de calçados e 5.648 brinquedos distribuídos no último domingo (13) farão um Natal mais solidário para 344 famílias (1.657 pessoas) inscritas no programa "Família Assistida", da Unidade Assistencial Dona Aninha, que atende moradores assistidos em Vila Brasilândia e seu entorno. Saiba mais.

Clima de alegria e de emoção na Distribuição de Natal em Brasilândia

  

 

103ª Distribuição Semestral - 52º Festival Antonio Gonçalves da Silva "Batuíra"


Organização, empenho e solidariedade. Essas foram as palavras-chave que marcaram a 103ª Distribuição Semestral realizada no dia 13 de dezembro, no Unidade Assistencial Dona Aninha, em Vila Brasilândia.

Como de costume, o segundo vice-presidente e diretor da Unidade Assistencial Dona Aninha, Luiz Mello, deu boas vindas aos voluntários da distribuição, trabalho este que, como se sabe, começa seis meses antes com a equipe da visitação, que verifica as necessidades dos assistidos, e com as fadinhas, senhoras do Espaço Apinagés, que reparam as roupas e os brinquedos a serem doados.

“Sigamos com tranquilidade, harmonia e amor no coração, da mesma forma como gostaríamos de ser tratados”, salientou Mello.

Novas frentes de trabalho

De acordo com o presidente executivo Ronaldo Lopes, esta é a primeira distribuição que efetivamente reflete o novo modelo de organização implantado pelo GEB, a partir da instalação do Conselho de Administração, Conselho Fiscal e Diretoria Executiva.

Ronaldo explica que, além dos 12 diretores estatutários, o novo modelo instituiu 10 diretores adjuntos e 40 assessores, cuja maior preocupação é a sucessão. Assim, a diretoria passa a ter “braços” maiores para coordenar os 52 departamentos do GEB.

“Essa distribuição é como um líquido mágico que realiza a integração entre essa nova diretoria. Pessoas novas trazem um novo olhar, permitindo otimizar a logística e o fluxo do trabalho. Dessa forma, planejamos a sucessão pelos próximos 10 anos, garantindo o futuro da entidade”, destaca Ronaldo.

  


Novas doações

Jorge Chrypko, diretor-tesoureiro e assessor em tecnologia da informação do GEB, avalia que, apesar dos tempos de economia difícil, o GEB recebeu novos alimentos e produtos para a distribuição, como biscoito, sardinha enlatada, milho, panetone e condicionador de cabelos: “Isso melhora um pouco a condição dos assistidos em tempos de crise e mostra que os nossos doadores estão sensibilizados e como sempre respondem aos chamados da casa de pedra de Batuíra, como diz o nosso presidente do Conselho de Administração, Douglas Bellini”.

Chrypko informa que as duas últimas distribuições foram destacadamente mais rápidas por conta de uma maior organização dos alimentos na despensa por parte dos trabalhadores de Vila Brasilândia, evitando o “vai e vem” dos produtos. “É um trabalho de sucesso da equipe toda: trabalhadores, voluntários e diretoria - todos imbuídos em um mesmo objetivo, a caridade, que é o amor em ação”, aponta.

A grande festa da solidariedade

Assim que os assistidos acessavam a Unidade Dona Aninha eles eram encaminhados ao auditório, onde ouviam sugestões para a melhora do padrão vibratório e da convivência com o próximo. “Precisamos alimentar bons sentimentos, fazer uma limpeza interior e perdoar as ofensas”, aconselhava Márcia Zaninotti, coordenadora da Orientação Fraterna do GEB, que comentou a importância do passe e da necessidade de o ser humano fazer a sua parte para a continuidade do seu tratamento.

Enquanto voluntários e assistidos faziam o circuito para a retirada das doações, era possível perceber a alegria estampada em seus rostos durante aquela manhã de sol.

A primeira da fila foi a jovem Daniele Aparecida de Paula, de 20 anos. Grávida de oito meses de seu segundo filho, havia acabado de fazer o Curso de Orientação Maternal para Gestantes: “Foi muito bom porque o curso ensina muita coisa que nós não sabemos”. Daniele contou que o Batuíra está presente em sua família de geração em geração, começando pela sua avó, que já trabalhou na sopa fraterna. “Essa distribuição é muito importante porque ajuda muito as pessoas que precisam”, completou.

Outra assistida foi Sília Cristiane Cavalcante de Sousa, que ficou viúva há dois meses depois que seu marido sofreu um acidente enquanto trabalhava na pintura de uma ciclofaixa na cidade. “Aqui é a minha segunda casa. Eu amo aqui. Não tenho nem palavras para agradecer a ajuda de todos vocês”, contou emocionada.

  

Trabalhadores engajados e novos voluntários

Jailton da Silva, membro do Conselho de Administração e responsável pelo grupo de apanha de alimentos junto ao Ceasa, é um animado veterano das distribuições. Para ele, trata-se de uma grande festa e uma reunião dos encarnados e desencarnados para que, segundo ele “possamos doar o amor e um pouco de pão material e espiritual aos assistidos”.

Marina Pinheiro Ginjo, participante da mocidade, levou quatro jovens do seu grupo. Para ela, a distribuição é uma ferramenta para compreensão da missão do Espiritismo, que é o auxílio ao próximo.

“É muito linda e emocionante essa fraternidade. Agora, muitas famílias vão poder passar o Natal mais felizes”, ressalta Úrsula Fernanda de Oliveira, voluntária que participou pela primeira vez tanto do empacotamento, ocorrido no dia anterior, quanto da distribuição do domingo.

Raquel Miranda também foi pela primeira vez na distribuição, mas optou por atuar nas atividades de pintura e desenho com as crianças enquanto os adultos retiravam as doações. Ela conta que na semana anterior presenciou um contador de histórias interagindo com crianças na rua, o que a deixou “hipnotizada” e a sensibilizou para o trabalho com crianças. “É muito boa a energia dos pequenos. Isso também acaba recarregando as nossas energias”, ressalta Raquel.

  


Brasa, meninos da Brasilândia

Para coroar o sucesso de mais uma distribuição, ao final do encontro, os voluntários puderam ouvir músicas tocadas ao piano e presenciar a apresentação do grupo Brasa, meninos da Brasilândia.

Três turmas – alunos de 2014 e do primeiro e segundo semestres de 2015 – cantaram e encantaram o público presente com músicas do repertório brasileiro.

Luiz Carlos Félix, coordenador do Brasa, em discurso emocionado, explicou que o projeto é alicerçado sobre três pilares – arte, filosofia e educação –, oferece oficinas de violão, teatro, dança e artes plásticas e objetiva construir novas plataformas de fotografia, literatura e estudos.

“Há muito ainda a ser feito. Quero agradecer pela confiança da casa e da diretoria, pelo suporte para a realização desse trabalho junto aos jovens e pela energia e vibração de todos”, completou Félix.

“Essa apresentação encheu os nossos olhos. Trata-se de uma semente que cresceu e se tornou frondosa”, destacou Ronaldo Lopes.

Após a prece de encerramento feita pelo primeiro vice-presidente e diretor da Unidade Doutrinária Spartaco Ghilardi, Geraldo Ribeiro, Luiz Mello disse que o fato de ver novos rostos traz muita alegria: “O grupo Brasa é mais uma porta de oportunidades que chegam a nós”.

Mello ainda afirmou que essa foi uma das distribuições mais bonitas, que contou com um bom comparecimento de voluntários com empenho, organização e boa vontade. “As pessoas vão levar as energias emitidas pelos benfeitores espirituais, que são os grandes responsáveis por esse trabalho”, finalizou emocionado.

Abaixo a relação completa da 103ª Distribuição de Natal:

 

  • Texto: Talita Caetano - Fotos de Danilo Ramos e Felipe Roquette


Imagem no tamanho completo: 323.3 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download

104ª Distribuição Semestral: Expresse sua solidariedade!

O Grupo Espírita Batuíra realizará a sua 104ª Distribuição Semestral no segundo domingo de Junho (12) próximo. Estamos em campanha para arrecadar gêneros alimentícios, roupas, sapatos, agasalhos e cobertores. As doações podem ser encaminhadas para a Unidade Spartaco Ghilardi (rua Caiubi nº 1306, Perdizes) ou por meio de kits. Saiba mais.

Todas as doações são sempre bem-vindas. Para maior comodidade dos amigos e frequentadores do GEB, as doações podem ser feitas por meio de kits, que se transformarão em alimentos e cobertores.

Os kits podem doados na Livraria da Unidade Caiubi. Há opção de contribuir por meio de depósito bancário:

Dados para doação
Nome: Grupo Espírita Batuíra
CNPJ: 61.989.000/0001-50
Banco Bradesco S/A
Agencia: 0496
Conta corrente: 56444-3

Após realizar a doação, envie um email para captacao@geb.org.br com seus dados para confirmarmos o depósito.


Imagem no tamanho completo: 22.5 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 406.7 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 64.8 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 71.3 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 55.1 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download

15 toneladas de alimentos são entregues aos assistidos do GEB na Brasilândia

A 104ª Distribuição Semestral e 52º Festival “Dr. Adolfo Bezerra de Menezes” entregou 15 toneladas de alimentos, cerca de 750 cobertores, mais de 18 mil peças de agasalhos e roupas em geral, além de 3 mil pares de calçados, às 316 famílias (1.558 pessoas) assistidas cadastradas no programa "Família Assistida", na Unidade Assistencial Dona Aninha, em Vila Brasilândia, do Grupo Espírita Batuíra. Saiba mais.

Solidariedade e amor aquecem o clima gelado na Brasilândia.

 

Nossos assistidos agradecem!

 

Nem mesmo o frio, com temperatura beirando os 3 graus, logo no início da manhã, impediu o sucesso do evento, que contou com a presença maciça de um dinâmico time de voluntários e amigos do GEB. Uma verdadeira festa de amor e solidariedade.

A 104ª Distribuição Semestral em imagens de amor e solidariedade...

 

 

Sábado, 11 de Junho - Empacotamento e Preparação da Distribuição

  

Chegada e acomodamento dos kits aos assistidos

  

Tudo organizado para o domingo

Domingo, dia 12 de Junho: Amor, Acolhimento e Solidariedade

O frio de 5 graus não atrapalha!

Tudo preparado: Podemos começar a distribuição!

Um trabalho gostoso de viver: ajudando o próximo!

   

    

Café da manhã para esquentar o frio!

  

Voltando para casa!

 

  

Voluntários: Obrigado pela ajuda e apoio!

 

  

Fotos: Carol Kurcis, Jorge Chrypko e Flavio Della Torre.


Imagem no tamanho completo: 105.7 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 121.9 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 139.1 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download

160 anos de O Livro dos Espíritos

Uma obra maiúscula é assim que devemos entender, quando nos referimos à obra O Livro dos Espíritos, de Allan Kardec, lançada em 18 de abril de 1857, em Paris, no Palais Royal. Primeira obra da codificação do Espiritismo, ela é até hoje - transcorridos 160 anos - fundamental para aqueles que desejam compreender os princípios básicos da Doutrina Espírita. Clique e continue lendo...

 

Já nas primeiras páginas, o livro nos apresenta um Deus diferente de todos aqueles até então apresentados por outras religiões ou doutrinas filosóficas. O Deus espírita não tem nada que se assemelhe a um ser autoritário, bravo, a nos espiar do alto, e disposto a nos punir sempre que descumpramos suas leis. O Deus espírita é um Deus magnânimo, sábio, bom e misericordioso; um Deus que é a causa primária de todas as coisas
e, acima de tudo, é amor.

Depois de abordar temas delicados como o enigma da criação, o livro nos traz à reflexão temas como a reencarnação, imortalidade da alma, a vida no além, as leis morais, penas e gozos terrestres e penas e gozos futuros. Ler o livro é descortinar um mundo novo, ante tantas informações que preenchem os anseios da alma e nos faz sonhar que a felicidade existe e que, com um pouco de esforço, é possível alcançá-la.

Muitos Espíritos ilustres, quando encarnados neste planeta, trabalharam para que a obra viesse a lume: João Evangelista, Santo Agostinho, São Vicente de Paulo, São Luís, Sócrates, Platão, entre outros, sob a orientação de o Espírito da Verdade.

Moças jovens, sem os vícios da idade madura, colocaram-se à disposição desses Espíritos, para serem as mediadoras de seus ensinamentos. Lembremos aqui: as irmãs Caroline e Julie Baudin, e Celine Japhet, com idades 16, 14 e 18 anos respectivamente.

O resultado desse trabalho conjunto, não poderia ser outro, senão o lançamento da primeira edição de O Livro dos Espíritos, em 18 de abril de 1857, inicialmente com 501 questões. Quase três anos depois, em 18 de março de 1860, surge a segunda edição, muito mais completa, revisada e metodicamente disposta, com 1018 questões.

O Livro é dividido em quatro partes: das causas primárias, o mundo dos Espíritos, as leis morais e a última parte que contempla as esperanças e as consolações. Depois de O Evangelho Segundo o Espiritismo é, sem dúvida, o livro da codificação espírita mais procurado pelos leitores desejosos por mensagens que lhes falem à razão e ao coração.

É a obra número um dentre as publicadas pelo mestre Allan Kardec e a número dez em termos de conteúdo doutrinário, pois dela originaram-se todas as outras. O advento de O Livro dos Espíritos provocou uma verdadeira revolução no pensamento humano, antecipando-se no tempo em muitas questões delicadas e salvo muitas vidas.


Texto de Geraldo Ribeiro da Silva - Publicado no Batuíra Jornal nº 121.


Imagem no tamanho completo: 118.6 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 84.8 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 102.9 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 119.0 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 120.6 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 161.1 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 147.1 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 117.7 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 107.5 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 175.8 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 213.4 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 126.9 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 50.7 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 182.2 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 111.4 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 2.7 MB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 54.9 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 68.0 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download

20 Anos de Batuíra Jornal

Batuíra Jornal nº 120 já está disponível em edição eletrônica, na aba "Batuíra Jornal", neste site. Apresenta um breve relato de 20 anos de existência divulgando a doutrina e as notícias do Grupo Espírita Batuíra. Saiba mais.


Imagem no tamanho completo: 135.7 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 100.4 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 129.6 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 122.4 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 68.9 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 51.2 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 57.4 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 61.6 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 53.4 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download

Zip archive icon 2147490312 (1).zip — Zip archive, 949 kB (972,141 bytes)

307 Famílias Atendidas

13 toneladas de alimentos, mais de 9 mil peças de roupas diversas, 1 mil e 800 pares de calçados, 1 mil e 600 brinquedos e mais de 3 mil artigos de higiene pessoal foram entregues no domingo (10) para 307 famílias, totalizando 1529 pessoas assistidas do GEB, moradoras da Vila Brasilândia e de seu entorno. Saiba mais.

45 anos distribuindo amor e caridade

Em um encontro repleto de emoção, o Grupo Espírita Batuíra celebrou os 45 anos do lançamento da pedra fundamental de sua unidade em Brasilândia, no dia 30 de abril, às 10 horas, na Unidade Assistencial Dona Aninha. O evento foi prestigiado pelos assistidos, frequentadores, amigos e voluntários do GEB. Saiba mais.

Unidade Assistencial Dona Aninha, em Vila Brasilândia,

completa 45 anos distribuindo amor e caridade

“São 45 anos de mais luz na vida de centenas de milhares de pessoas que aqui frequentam. Nosso coração se enche de alegria e júbilo por tantas conquistas. É um momento inesquecível para todos nós”. Assim, Luiz Mello, segundo vice-presidente e diretor da Unidade Assistencial Dona Aninha, definiu a comemoração do lançamento da pedra fundamental da unidade do GEB em Vila Brasilândia, ocorrida no dia 30 de abril.

Na presença dos amigos espirituais e diante de um auditório repleto de trabalhadores e frequentadores antigos e atuais, a prece de abertura, feita por Lourdes, destacou a necessidade de prosseguimento da caridade por meio do amor.

Luiz Mello fez os presentes mergulharem na história do GEB, em especial do Núcleo Assistencial Dona Aninha, destacando o trabalho dos incansáveis desbravadores e as ações desenvolvidas ao longo dos anos.

“Aqui temos a sustentação de Allan Kardec, codificador da doutrina que nos ilumina; Bezerra de Menezes, nosso fiador; Batuíra, líder amigo; Chico Xavier, orientador dos trabalhos; e Spartaco Ghilardi, médium e trabalhador de todas as horas”, afirmou o vice-presidente.

Trabalhos que fizeram história

Antes de se implantar o Grupo Espírita Batuíra, em 1964, cuja primeira unidade se estabeleceu na Rua Caiubi, há 40 anos o GEB já existia no plano espiritual, oportunidade em que, “nós, as pedras do caminho, nos encontraríamos nesse rio”, conforme explica Mello.

Segundo o vice-presidente, pessoas avalizadas pelo mundo maior, exemplos de coragem, compromisso, determinação e esforço, formaram a diretoria em 1964.

Em seguida, trabalhadores do GEB se dirigiram a Vila Brasilândia e levaram carinho, amor, esperança e alimento do corpo e da alma por meio da Distribuição Semestral. Os voluntários entravam de peito aberto e coração alegre nas ruelas e vilas, que careciam de saneamento básico e dignidade. “Muitas pessoas que passaram em Vila Brasilândia aprenderam a amar os semelhantes, a desenvolver os bons sentimentos e a exercitar a caridade”, salientou Mello.

Em meio às dificuldades no percurso, mas contando sempre com a garra do batuirense e o amparo dos amigos espirituais, ao longo do tempo o GEB conseguiu implantar o programa da Família Assistida, a sopa fraterna, após recomendações de Chico Xavier, atendimento médico e odontológico, Centro de Educação Infantil, cursos, corte de cabelo, além da assistência espiritual por meio dos passes, palestras evangélicas, fluidoterapia, Curso Básico, Coeem, dentre outros.

Núcleo Assistencial Dona Aninha

Após definição da transferência da área assistencial para Vila Brasilândia, começou-se a busca por um terreno adequado. Em 25 de abril de 1971, um novo ciclo foi iniciado com o lançamento da pedra fundamental no Núcleo Assistencial Dona Aninha, instalada no conhecido Jardim do Manecão.

    

“Sabíamos que os recursos não nos faltariam se estivéssemos sempre na linha do bem”, pondera Mello.

Assim, o GEB foi recebendo doações diversas, desde materiais de construção de casas que seriam demolidas, até um terreno em Atibaia, cujo valor serviu para pagamento do terreno em Vila Brasilândia e das reformas da unidade na Caiubi.

Com relação às doações, Douglas Bellini, presidente do Conselho de Administração do GEB, lembra-se dos causos que marcaram a história do GEB e diz que é importante acreditar e buscar tudo aquilo que se necessita. “Aquela chama que nos motivou durante todos esses anos continua acesa. Peço aos jovens que continuem com esse trabalho. Temos a responsabilidade de tocar essa chama”, completa.

Experiências emocionantes

Durante a comemoração, quatro mulheres relataram suas experiências e o significado do GEB em suas vidas. Dentre elas, Maristela Ferreira, mãe de seis filhos, foi uma das atendidas pela Unidade Dona Aninha e, hoje, é voluntária do Atendimento Jurídico Fraterno. “Minha vida ganhou muito mais sentido depois que conheci o Batuíra”, depôs Maristela, emocionando o público.

 

Ronaldo Lopes, presidente executivo do GEB, considera existir um entrelaçamento entre as pessoas: “Essa festa é a concretização que essa Casa continua porque aparecem novas pessoas entrelaçadas em outras vidas dizendo: Aqui estou! Isso dá a certeza de que o GEB continuará”, avalia Lopes.

Após a prece de encerramento proferida pela Betinha, pedindo que “a paz de Jesus nos una e abra as portas para servirmos a Deus”, o grupo Brasa – Meninos da Brasilândia fez apresentações de dança e violão e, para finalizar a festa, todos cantaram a tradicional Canção da Alegria Cristã.

 

Galeria de fotos

  

  

Texto: Talita Caetano - Fotos: Danilo Ramos e Arquivo.

50 anos de estudo de O Livro dos Espíritos

Há 50 anos esse importante livro da codificação vem sendo estudado no GEB, com muito entusiasmo, dedicação e amor; com esta finalidade, um grupo de cerca de 30 pessoas se reúnem semanalmente para ler e debater as 1019 questões dessa obra. Saiba mais.

A comemoração do jubileu foi realizada no dia 3 de novembro, com uma apresentação do diretor de doutrina do GEB, Geraldo Ribeiro, e mais a participação de dois membros do grupo, Sonia Braga e Iraci Branchini.

Geraldo fez um breve histórico do estudo do livro, desde o início, em 1964. até os dias atuais. Lembrou de pessoas que coordenaram esse estudo, tais como Savério Latorre, Luiz Cláudio Pugliese, e agora Meire Elias e Dilson Ramos. Disse ainda que quem estuda e compreende os ensinos de O Livro dos Espíritos, está apto a entender as demais obras da codificação e outras que temos à nossa disposição.

Na oportunidade, mencionou alguns nomes que participaram do estudo de O Livro dos Espíritos, e que hoje, são diretores de outros centros espíritas, como Janet Duncan, em Londres, e Orlando Carvalho, em Lisboa.
Sonia, por sua vez, prestou uma homenagem ao grupo de estudo atual, ressaltando o trabalho em equipe, a empatia existente entre os participantes, e o papel da corrdenação que tem se notabilizado pela oportunidade que confere de todos darem sua opinião.

Iraci declamou duas poesias de autoria de Casimiro Cunha, psicografia de F.C.Xavier, extraídas do livro Parnaso de Além-Túmulo. A primeira poesia é intitulada Espiritismo e a segunda, Aos Companheiros da Doutrina.
No encerramento, foi feita uma apresentação de fotos em slides, recordando o passado e o presente. Foi um evento simples, porém, emocionante. Que Deus abençoe essa reunião!

Meire Elias e Dilson Ramos, atuais voluntários coordenadores do grupo de estudos de O Livro dos Espíritos.

  

  • Texto: Geraldo Ribeiro
  • Fotos: Dilson Ramos.

GEB comemora 50 anos de fundação.

O médico Dr. Marco Antonio Pereira do Santos destacou o papel especial do GEB nestes 50 anos de existência, por ocasião de sua palestra realizada no último dia 15 de janeiro, às 20h (quarta-feira), no auditório da Unidade Spartaco Ghilardi, na rua Caiubi, inaugurando ciclo de eventos que serão realizados durante o ano de 2014, para marcar o jubileu de ouro da entidade. Saiba mais!

Caridade é perfume de Deus.

Marco Antonio disse que o GEB é uma casa especial. Nesta casa, disse, muitos Espíritos encarnados e desencarnados tiveram suas vidas modificadas pela mensagem evangélica recebida. Nestes 50 anos o Grupo Espírita Batuíra vem cumprindo com as cinco principais funções de uma Casa Espírita, ressaltou. 

É uma Escola de almas encarnadas e desencarnadas. Aqui se desenvolve a caridade, esse perfume de Deus. É um Hospital iluminado, onde somos os doentes e somos os nossos próprios médicos, pois a evolução dos Espíritos é intransferível. É conquista individual de cada um, pois a cada um segundo as suas obras. É Templo de oração e sintonia com os mentores espirituais. É Oficina da caridade, ajudando a transformação de encarnados e desencarnados sob o prisma bio-psico-social-espiritual. É Lar coletivo, onde aprendemos com as nossas diferenças e diversidades, evitando o delírio da supremacia evolutiva, ou seja, nós não somos o centro do universo. Cabe a cada um de nós vivermos com humildade e exercendo a caridade.

50 Anos: Passado e Futuro, na mesma direção.

A diretoria do Grupo Espírita Batuíra prepara um calendário especial de eventos para festejar os 50 anos de sua fundação.O slogan escolhido para esse logotipo comemorativo é “Passado e Futuro, na mesma direção”, que enfatiza a responsabilidade dos atuais e futuros dirigentes de continuar levando a casa pelos mesmos trilhos idealizados pelos seus fundadores, demonstrando a continuidade da filosofia do GEB que é “Trabalho, Trabalho e Trabalho”, de conformidade com o pensamento de seu mentor espiritual Antonio Gonçalves da Silva “Batuíra”. 

Fundado em 15 de janeiro de 1964 o Grupo Espírita Batuíra comemora este ano o seu cinquentenário de existência com objetivos direcionados à assistência ao próximo, além de múltiplas atividades voltadas para a educação da criança, do jovem, da gestante, das famílias carentes, e dos idosos, sendo também um centro de excelência na formação e divulgação doutrinária, dentro dos princípios da Codificação Espírita elaborada por Allan Kardec.

No início de suas atividades, o GEB era apenas uma casinha que assistia a um pequeno grupo de pessoas. Mas o tempo foi passando, as atividades se multiplicando e novos desafios sendo almejados.

Hoje, o GEB compreende cinco unidades de trabalho: a Unidade Doutrinária Spartaco Ghilardi, que é a matriz e sede administrativa/educacional na Rua Caiubi, e as filiais: O Espaço Apinagés, na rua Apinagés; a Unidade Assistencial Dona Aninha e o Centro de Educação Infantil Batuira, ambos localizados na Vila Brasilândia; e a Casa de Cuidados Lar Transitório Batuíra, no bairro da Bela Vista. Essas cinco unidades mobilizam atualmente mais de 600 voluntários, além de um pequeno grupo de funcionários contratados. 

         

A filosofia do GEB não é apenas socorrer pessoas em dificuldades, dando-lhes apoio material. A entidade busca, acima de tudo, permitir a melhora gradativa da autoestima, oferecendo a possibilidade do desenvolvimento pessoal e, conseqüentemente, a reinserção social.

     

O início

Das reuniões informais de um grupo de pessoas movidas pelo mesmo ideal cristão de servir ao próximo, nasceu a idéia de fundação de um centro espírita, que mais tarde viria a se chamar Grupo Espírita Batuíra. As reuniões aconteciam na residência do Sr. Spartaco Ghilardi, desde 1961. 

Com o crescente aumento do número de pessoas a essas reuniões, a alternativa mais viável para a solução do problema foi a criação do Grupo Batuíra. A data da fundação deu-se no dia 15 de janeiro de 1964, sem ainda um nome definido.

Só no dia 31 de janeiro do mesmo ano, a partir de uma comunicação do espírito do Dr. Bezerra de Menezes, através da mediunidade de Francisco Cândido Xavier, veio a informação de que ninguém melhor do que o apóstolo paulistano Antonio Gonçalves da Silva Batuíra para ser o mentor espiritual da casa e emprestar a ela o seu nome. 

     

Fundadores

Cópia da ata da reunião para a fundação do Grupo Espírita Batuíra realizada no dia 15 de Janeiro de 1964. A reunião foi realizada na Rua Rosa e Silva nº 247, em Perdizes, na Capital. A ata registra alguns fatos interessantes: os trabalhos foram conduzidos pelo sr. Apolo Oliva Filho, que após prece inicial, fez um breve relatório sobre os motivos determinantes da fundação do Centro. Eis um extrato da ata, iniciando pelo relatório do Sr. Apolo: 

1º) Grupo de Estudos e Prática do Espiritismo que inicialmente, há cerca de uns quatro anos atrás, nascera na residência do médium Spartaco Ghilardi; 2º) Com o crescimento do Grupo passara a funcionar, provisoriamente, na sede do Centro Beneficente "José de Andrade, situado na rua Apiacás 739; 3º) Orientação espiritual através do médium Francisco Candido Xavier e Waldo Vieira, no sentido do Grupo transformar-se em Centro, funcionando independentemente de quaisquer outras instituições. Nesse particular o médium Spartaco Ghillardi usou da palavra oferecendo valiosos subsídios retrospectivos. Pelo sr. Apolo Oliva Filho foi dito que na presente reunião deveriam ser tratados os seguintes assuntos: 1º) Indicação de uma Comissão Diretora Provisória; 2º) Indicação de uma Comissão Especial encarregada da elaboração do projeto de Estatutos Sociais; 3º) Quadro de mantenedores; 4º) Localização provisória e definitiva; 5º) Fixação da data da Assembléia Geral para discussão e aprovação dos Estatutos e eleição da Diretoria e Conselho. Passou-se, a seguir, ao cumprimento dos ítens indicados, recebendo a seguinte resolução: item 1º) A Comissão Diretora Provisória ficou assim constituída: Presidente - Apolo Oliva Filho; Secretário - Djalma de Deus Silva e Tesoureiro Savério Latorre. Após eleição, assumindo a direção dos trabalhos o sr. Apolo Oliva Silva agradeceu a demonstração de confiança dos confrades presentes em seu nome e no dos demais componentes da Comissão Diretora Provisória. Em seguida, designou-se a Comissão Especial encarregada de elaborar o projeto de Estatutos Sociais, constituída pelo Srs. Apolo Oliva Filho, João Tófoli e Dr. Luiz Monteiro de Barros. Discutida a finalidade do Centro, deliberou-se que será o seguinte, além de outras que serão incluídas oportunamente nos Estatutos: a) dedicar-se ao estudo e à prática do Espiritismo, no seu tríplice aspecto - religioso, filosófico e científico, - de acordo com a codificação de Allan Kardec e obras espíritas subsequentes e complementares, surgidas com o desenvolvimento natural do Cristianismo; b) Difundir a Doutrina Espírita por todos os meios humanos, na sua missão de espiritualização da humanidade. Dentro do ítem seguinte "Quadro de mantenedores" propôs o sr. Apolo Oliva Silva a criação de uma quadro mantenedor inicial com a cota mensal de Cr$ 5.000,00 (cinco mil cruzeiros) para atender as despesas de aluguel e instalação. Todavia os presentes aprovaram que a cota seja dada na medida da possibilidade de cada um um. Quanto ao ítem 4º deliberou-se que a localização do Centro será preferencialmente em zona perto das vias marginais, que seja acessível à maioria. Deverá ser observada a questão do silêncio, de ambiente e outros. O salão deverá comportar no mínimo 100 (cem) pessoas. Deliberou-se que a Comissão de Locação será integrada pela Comissão Diretora Provisória e dos srs. Spartaco Ghillardi e dr. Reynaldo Kuntz Busch. Em relação ao ítem 5º, deliberou-se que a assembléia geral para aprovação dos Estatutos e eleição de Diretoria e Conselho será marcada futuramente. Feita uma concentração, para se ouvir o plano espiritual, houve manifestação do espírito mentor "Batuíra", através do médium Spartaco Ghillardi. A prece de encerramento foi feita pelo confrade Laércio Tófoli. 

  

   

Como um registro histórico e uma homenagem, abaixo apresentamos as 62 pessoas que assinaram a ata de fundação do Grupo Espírita Batuíra:

Fundadores
Alda Bertolini Tóffoli Álvaro Pereira de Matos Américo Montagnini Ana Garcia Santos Segundo
Antonio de Bello Filho Apolo Oliva Filho Arthur Thomaz C. Silva Cândida F. Oliveira Barbosa
Carlos Jordão da Silva Carmen Galves Latorre Carolina Pereira Sabbag Consuelo Marcos Ferrani
Cyomaia de G. Andrade David R. Berezovsky Delma Tóffoli de Oliveira Dinah Carvalho de Bello
Djalma de Deus Silva Edith Costa Elias Barbosa Elizabeth Fernandes Tóffoli
Erminda Gnochhi Hernani Guimarães Andrade Floriano M. Alves Garibaldo Muoio
Geraldo S. de Carvalho Gilberto Rocha Lisboa Gino Ghilardi Hermelindo Latorre
Hermenegildo A. Pastori Humberto F. Gabriel Irene Bitelli João Tóffoli
Joaquim Marcos Soares José Maria Rocha Lisboa José Muniz José Venâncio D. de Andrade
Laércio Tóffoli Lena S. Oliva Berezovsky Luiz Monteiro de Barros Lygia Taranto P. de Mello
Maria da Gloria P. Alves Maria Teresa B. Frotta Marianna F. Gabriel Mário Ithamar Montagnini
Milton Marcos Mina Berezovsky Nadir Jaber Pereira Nedda Maria Ghilardi
Nelson Rueda Neyde Gandolfi Oliva Odila G. Meirelles Oswaldo Ghilardi
Paschoal Frotta Reinaldo Kuntz Busch Rina Ghilardi Rivail Araujo
Savério Latorre Sergio Ghilardi Spartaco Ghilardi Sérgio M. Victor Rodrigues
Zita Ghilardi

Nota da redação: não foi possível identificar um nome na ata.

Primeira diretoria

A primeira diretoria contou com a seguinte organização: 

CargosTitulares
Presidente Savério Latorre
Primeiro Vice-Presidente Ermelindo Latorre
Segundo Vice-Presidente Dr. Reynaldo K. Busch
Primeiro Secretário Djalma de Deus
Segundo Secretário Dr. Laércio Tóffoli
Primeiro Tesoureiro Garibaldo Muoio
Segundo Tesoureiro Dr. David Berezovsky
Bibliotecário Dra. Lygia Taranto P. de Melo
Primeiro Vogal Dr. Antonio Bello Filho
Segundo Vogal Zita Ghilardi
Terceiro Vogal Ana Garcia Santos Segundo
Departamento de Doutrina Spartaco Ghilardi
Departamento Assistencial Carolina Pereira Sabbag
Relações Públicas/Palestras Apolo Oliva Filho

 

52 anos de atividades permanentes

O Grupo Espírita Batuíra (GEB), ao ser fundado em janeiro de 1964, inspirou-se no pensamento de Chico Xavier, de quem o médium Spartaco Ghilardi já era amigo há quase dez anos. Eles se conheceram em maio de 1954, na cidade de Pedro Leopoldo (MG). São cinquenta e dois anos ininterruptos de labuta na Doutrina Espírita, tendo como finalidade trabalhar no campo do bem, e como base de sustentação, a afirmação de Emmanuel: Jesus, a porta. Kardec, a chave. Saiba Mais.

O Grupo Espírita Batuíra, seguindo a orientação de Chico Xavier, abre suas portas durante a semana inteira. Acolhe com bondade e amor, todos que a procuram, sem qualquer discriminação. A prática mediúnica e o estudo da Doutrina Espírita sempre fizeram parte de seus princípios desde sua fundação. 

O início

 

Em 15 de janeiro de 1964, quarta-feira, à noite, inicia-se no bairro de Perdizes, o Grupo Espírita Batuíra. A iniciativa partiu de um grupo de abnegados espíritas, tendo à frente, Spartaco Ghilardi. Segundo ele, a casa, que ora estava materializando na Terra, já existia no mundo espiritual há mais de 40 anos.

A iniciativa para fundá-la já vinha sendo objeto de cogitação, no mundo espíritual, há alguns anos, por Dr. Bezerra de Menezes; e reforçada aqui, na Terra, por Francisco Cândido Xavier; ele entendia que o médium Spartaco precisa ter uma casa espírita própria, para poder ajudar mais aos necessitados. A primeira mensagem de Dr. Bezerra, sinalizando para a criação da nova casa, data de 30 de setembro de 1955. 

 

 

A localização

A Rua Caiubi, onde o GEB fixou-se, tem como suas paralelas, à direita, no sentido centro-bairro, as ruas Bartira e João Ramalho. Essas ruas têm algo comum, que é oportuno registrar, a título de curiosidade.

O médium Francisco Cândido Xavier, numa conversa reservada com Spartaco Ghilardi, revelou que Antonio Gonçalves da Silva Batuíra era a reencarnação de João Ramalho.

Portanto, não por acaso, o Grupo Espírita Batuíra foi encontrar pouso na Rua Caiubi; o cacique Caiubi era tio de Bartira, e esta, esposa de João Ramalho. As três ruas: Caiubi, Bartira e João Ramalho são paralelas, uma seguida da outra. Coincidência ou não, fica aí o registro.

52 anos de fundação

Neste ano de 2016, o Grupo Espírita Batuíra completa cinquenta e dois anos de fundação; nessas mais de cinco décadas, muitas obras foram realizadas no campo do bem, contribuindo para enaltecer o bairro. De acordo com o último senso medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o bairro de Perdizes é um dos que têm mais espíritas. Haveria nesse fato influência do GEB? O bom senso leva-nos a crer que sim.

A realidade é que o Grupo Espírita Batuíra , nos dias atuais, é muito conhecido no bairro e, também, em outros distritos dessa grande cidade de São Paulo. É uma instituição muito procurada por pessoas interessadas no conhecimento da Doutrina Espírita. Este fato motiva diretores, trabalhadores e voluntários para atenderem a esse público com distinção e qualidade. 

O GEB é uma casa que tem se notabilizado pelo estudo, divulgação e prática da Doutrina Espírita, no seu tríplice aspecto: filosófico, científico e religioso.

É uma casa amável, alegre, feliz; quem chega, sente-se logo como se a ela pertencesse há muitos anos. E quem sabe isso não seja uma verdade! Talvez, antes de encarnar, você não tenha estagiado  na instituição de Batuíra no plano espiritual. Por isso, é que Spartaco dizia para as pessoas: "Você é do grupo!".

O fato é que uma obra para se consolidar, não basta somente ter recursos, mas precisa de liderança; liderança de alguém com autoridade moral, para mostrar à equipe o que deve ser feito e, diante de uma dificuldade, apontar soluções.

    

Neste particular, a liderança foi determinante nos dois planos da vida: físico e espiritual. Bezerra e Batuíra, do outro lado da vida, ditavam palavras de estímulos, convocando-nos ao serviço do bem; do lado de cá, os médiuns Chico Xavier e Spartaco Ghilardi decodificavam essas mensagens, transformando-as em projetos de auxílio aos necessitados. 

Trecho de mensagem de Dr. Bezerra de Menezes, recebida por Francisco Cândido Xavier, em 31 de janeiro de 1964, que designou o nome de Batuíra como mentor para o novel centro:

Com respeito à legenda de nossa instituição que, pouco a pouco, se consolida na esfera da emancipação necessária, não nos será lícito esquecer que Batuíra - o Apóstolo da Caridade - abraçou de início as responsabilidades que lhes requisitamos, convertendo-se em fiador abnegado e ativo de nossos empreendimentos perante o Senhor. O Grupo Espírita Batuíra  é uma entidade agora inenarrável de nossa confiança. Perseveremos com ele  e apoiemo-nos nele, o amigo constante de sempre. Ser-nos-á Batuíra o irmão e o mentor, a inspiração e a diretriz que o evangelho de Jesus ilumina para a garantia dos valores espírita-cristãos em nossos braços.

Trechos de mensagem de Batuíra, transmitida pela mediunidade da sra. Erminda Gnocchi, no dia 21 de fevereiro de 1964.

O trabalho é ingente. A batalha, doravante , será mais intensa. Uni vossos esforços, um por todos e todos por um, para que vós possais receber da Fonte Divina, as forças que vos proporcionarão esclarecimentos maiores...

... Na obra realizada na Terra, somos apenas servos fieis, caminhando na vanguarda do bem e da verdade.

Assim, há 52 anos, em 1964, materializava-se na Terra, o Grupo Espírita Batuíra, que cresceu rapidamente, para se tornar numa fonte de luz, para tantos que buscam a mensagem esclarecedora do Evangelho e a esperança de viver.

Primeira diretoria eleita, em 1964, para dirigir o GEB. 

Primeira Reunião

A reunião de 15 de janeiro de 1964 - a primeira realizada para a fundação do Grupo Espírita Batuíra - foi cercada de muito entusiasmo e emoção. As pessoas vinham chegando devagarinho à residência dos pais de Spartaco Ghjilardi, na Rua Rosa e Silva, bairro de Santa Cecília, em São Paulo, diante de muita expectativa; cumprimentavam-se e abraçavam-se alegremente. Na condição de anfitrião, Spartaco recebia a todos com muito carinho e amor. No ambiente reinava a paz e a harmonia. Emissários espirituais do bem e da verdade, ali estavam presentes, envolvendo a todos em vibração e otimismo.

Os convidados se comprimiam, em pé, no amplo espaço da garagem da casa. A emoção e a confiança na mensagem do Cristo: Ide e pregai, eram visíveis no olhar de cada um. Uma nova casa espírita estava sendo projetada, como uma ponte entre a terra e o céu.

 

 

 

Texto extraído do livro "Grupo Espírita Batuíra - 50 Anos de Mais Luz", de autoria de Geraldo Ribeiro da Silva.

Exemplar desta preciosa obra pode ser adquirido na Livraria Novos Caminhos, na Unidade Caiubi.

 

54 Anos do GEB

O Grupo Espírita Batuíra comemorou 54 anos de fundação neste último domingo em sua Unidade Spartaco Ghilardi. Antonio Cesar Perri de Carvalho, ex-presidente da FEB, convidado para proferir palestra, fez, para um auditório repleto, profunda reflexão sobre o papel do Centro Espírita na atualidade. Saiba mais.

Em sua palestra, Perri observou o processo de mudanças e transformações que ocorrem em todo mundo. Vivemos um mundo dinâmico e conturbado, em transição, disse.

Fez alusão ao discurso do Papa Francisco, um pouco antes do Natal, ao falar para cúria romana, em plena Capela Sistina, se dirigindo aos principais cardeais da Igreja, apontando a  eles que é necessário superar as intrigas, as resistências às mudanças e deixarem de se colocar vítimas do processo de mudanças. Dito pelo Papa ao colégio cardinalício é muito forte, sinalizou.

Citou a questão migratória, dos refugiados, onde milhares de pessoas fogem de tiranias, guerras e fome para os países da Europa, em busca de novas oportunidades, muitas delas encontrando a morte em botes frágeis utilizados na travessia de oceanos.

Na América, em especial no Brasil, um país formado por correntes imigratórias, tem acompanhado este processo de acolhimento de haitianos, venezuelanos, da África e tantas outras etnias que nos buscam para um recomeço.

Lembrou que Emmanuel, mentor de nosso querido Chico Xavier, na introdução da obra Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho dizia que Brasil não está somente destinado a suprir as necessidades materiais dos povos mais pobres do planeta, mas, também, a facultar ao  mundo inteiro uma expressão  consoladora de crença e de fé raciocinada e a ser o maior celeiro de claridades espirituais do orbe inteiro.

Em relação ao tema Centro Espírita, citou recente pesquisa do IBGE que mostrou o crescimento proporcional do Espiritismo no Brasil, notadamente no Sudeste e Sul do país, ressaltando, todavia, que este avanço não reflete em todas as faixas sociais, principalmente nas mais simples e iletradas. Não será porque ainda não sabemos nos comunicar e tratamos essa parte da população como somente assistidos, indagou. Outra constatação, assinalada por ele é que esta expansão também não aconteceu entre as crianças e os jovens, levando-nos a meditar sobre a necessidade de pensarmos a realidade em que vivemos.

Cabe, no entanto, acentuou, à nossa sociedade a responsabilidade pelas questões ética e moral, seguindo a moral proposta nos evangelhos de Jesus.  A transformação, a educação do Espírito com fulcro na Lei/Ética/Moral. Este é papel do Centro Espírita junto às pessoas, à família, levando a visão do evangelho redivivo para a mudança, como a que encontramos em Chico Xavier, por meio de seu exemplo nos centros espíritas em que viveu e em seus livros psicografados, onde realçam a sua dedicação, sua humildade, independência e firmeza na fidelidade a Jesus e na doutrina codificada por Allan Kardec, tal qual preconizou seu mentor Emmanuel.

Mais Luz

 Ao encerrar, lembrou Batuíra, afirmando que Emmanuel o denominou como o apóstolo da Doutrina Espirita, em sua obra Mais Luz.  Perri citou vários trechos do pensamento de Batuíra dessa obra, segundo ele lições que refletem o Cristianismo Redivivo e nos convida à construção do bem.  Sobre o Grupo Espírita, Perri leu a lição 26, que reproduzimos abaixo.

 

O tema apresentado por Antonio Cesar Perri de Carvalho agradou e arrancou aplausos da platéia presente ao evento.

Coral Interlúdio

Harmonizando o ambiente da celebração do aniversário, o Coral Interlúdio, do GEB, fez apresentação primorosa.

   

Bolo

Ao final da reunião festiva, para comemorar os 54 anos de fundação do GEB, foi servido um delicioso bolo aos presentes.

Flagrantes

 

 Ronaldo Lopes, Robson Ferreira, Marco Antonio e Cristian Batocchio

  

Julia Nezu e Geraldo Ribeiro                      Iraci Branchini e Rosely Marotta                Platéia atenta ao evento

Claudio Luiz de Florio, Silvia e Eduardo Barato

Fotos: Simone Queiroz



Imagem no tamanho completo: 213.8 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download

98ª Distribuição Semestral: nove toneladas de alimentos e quase 25 mil peças de roupas entregues.

O Grupo Espírita Batuíra realizou a sua 98ª Distribuição Semestral no Núcleo Assistencial Dona Aninha, na Unidade Brasilândia e entregou nove toneladas de alimentos, 824 cobertores e quase 25 mil peças de roupas a 300 famílias carentes inscritas no programa Família Assistida, que representam 1629 pessoas envolvidas.

Uma festa de solidariedade e de fraternidade.

Assim foi a 98ª Distribuição Semestral realizada no Núcleo Assistencial Dona Aninha, na Unidade da Brasilândia, no segundo domingo de Junho de 2013, como já se tornou tradição na Casa de Batuíra.

Desde 1964, sem nenhuma interrupção, são realizadas, de forma planejada, continuada e totalmente gratuita, duas distribuições de roupas, alimentos, cobertores, calçados e brinquedos: uma no segundo domingo do mês de junho e outra no segundo domingo do mês de dezembro.

Este trabalho procura suprir as necessidades de famílias que possuem estritamente o básico para sua sobrevivência e, periodicamente, precisam de um reforço de alimentos, roupas, cobertores e calçados.

Nesta distribuição de Junho, devido ao período de inverno, foram efetuados reforços nas necessidades de agasalhos e cobertores, e gêneros alimentícios de primeira necessidade.

A seleção das famílias que foram contempladas com os kits foi feita pelas equipes de acompanhamento externo da Família Assistida.

Trezentas famílias, totalizando 1629 pessoas, receberam nove toneladas de gêneros alimentícios como arroz, feijão, açúcar, fubá, óleo de cozinha, sal, macarrão e chá. Para completar o kit para cada família, 824 cobertores, 24.435 peças de roupas, 1629 pares de sapatos e 1629 tubos de creme dental.

Sucesso da Campanha Coração Solidário!

Com o sucesso da campanha Coração Solidário junto aos frequentadores, voluntários, simpatizantes, colaboradores e amigos do GEB, que se mostraram extremamente receptivos em auxiliar a Distribuição Semestral, como resultado recebemos, em doação, uma quantidade levemente superior de alimentos às metas estabelecidas.

As quantidades arrecadadas em doação,  além das 9 toneladas entregues na Distribuição, serão utilizados nos programas "Família Assistida" e "Sopa Fraterna", mantidos, dia-a-dia, sem interrupção, pelo Grupo Espírita Batuíra na Unidade Brasilândia.

O Conselho de Administração e a Diretoria Executiva do Grupo Espírita Batuíra expressam o seu profundo agradecimento a todos que colaboraram, quer fazendo doações, como auxiliando no empacotamento dos alimentos e roupas no sábado e, também, cooperando para o sucesso da distribuição no domingo no Núcleo Assistencial Dona Aninha, na Unidade Brasilândia.

 

Voluntários da solidariedade

Um grande número de voluntários esteve presente no Núcleo Assistencial Dona Aninha, da Unidade Brasilândia, desde as primeiras horas da manhã deste domingo.

Cada um deles, com um sorriso nos lábios, sentiam o prazer de acolher as famílias envolvidas no programa, envolver-lhes em vibrações positivas e ajudá-los a carregar os volumes até os ônibus estacionados na frente da Unidade Brasilândia.

Foi gratificante contar com a presença de um grupo de 16 voluntários da empresa Franklin Templeton Investments, empresa mundial com quase 9 mil funcionários, que tem como sua bandeira apoiar iniciativas de voluntariado em comunidades ao redor do mundo, por escolher participar da 98ª Distribuição Semestral como parte de seu projeto Involved de apoio à ações de voluntariado no Brasil.

Ombro a Ombro, sempre lado a lado!

 

Como ocorre todos os anos, ao final do trabalho de distribuição, dirigentes, amigos, simpatizantes, voluntários e frequentadores do Grupo Espírita Batuíra se reúnem no auditório do Núcleo Assistencial Dona Aninha para a confraternização da atividade solidária e fraterna realizada.

É neste momento que todos sentem a emoção fluir e a alegria de servir.

Após o agradecimento feito a todos os participantes pelos dirigentes do GEB, o encerramento se dá com uma prece de final de gratidão.

Ao final da reunião da campanha Coração Solidário - 98ª Distribuição Semestral de 2013, todos se harmonizaram e cantaram, com muito entusiasmo, a Canção da Alegria Cristã.

 

Canção da Alegria Cristã

 

I

Somos companheiros, amigos e irmãos

que vivem alegres pensando no bem

a nossa alegria é de bons cristãos

não fere a Jesus, nem fere a ninguém.

II

A nossa alegria, a nossa alegria

é o bem do evangelho, é o bem do evangelho

vibra e contagia, vibra e contagia

da criança ao velho, da criança a velho

III

Mesmo entre perigos, mesmo entre perigos

daremos as mãos, daremos as mãos

como bons amigos, como bons amigos

como bons cristãos...

IV

Sempre ombro a ombro, sempre lado a lado

vamos trabalhar com muita alegria

pelo Espiritismo mais cristianizado

pela implantação da paz e harmonia.

Fotos: Flavio Della Torre


Imagem no tamanho completo: 86.1 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 35.6 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download


Imagem no tamanho completo: 413.2 KB | Visualizar imagem Visão Baixar imagem Download
Notícias
Sucesso! 09/04/2018
Acesse a versão eletrônica 08/04/2018
De hoje a domingo, reflexões importantes no XII Ciclo de Palestras 04/04/2018
Palestras desta quarta-feira 04/04/2018
XII Ciclo de Palestras 03/04/2018
Participe! 30/03/2018
Nova diretoria do GEB 21/03/2018
Savério Latorre retornou à Pátria Espiritual 16/03/2018
Obras na Brasilândia avançam 13/03/2018
Cursos de Costureira(o) e Modelista na Brasilândia 12/03/2018
Mais de duas centenas de participantes 08/03/2018
Atualidade da casa e reflexões para o futuro 09/02/2018
Creche do GEB recebe material escolar da Prefeitura de São Paulo 07/02/2018
Primeira etapa de trabalho 30/01/2018
Começam as obras em Vila Brasilândia 17/01/2018
54 Anos do GEB 15/01/2018
Edição extra: 40 anos de COEEM 14/12/2017
307 Famílias Atendidas 10/12/2017
COEEM comemora 40 anos 08/12/2017
Criançada da EEIJ da Vila Brasilândia 06/12/2017
Edição Eletrônica 03/12/2017
Inscrições abertas 24/11/2017
Justa homenagem 09/10/2017
Lar Transitório comemora 15 anos 26/09/2017
O assunto é: depressão! 26/09/2017
Dialogando e aprendendo 25/09/2017
Destaques da edição 25/09/2017
Colabore! 20/09/2017
Vídeos das Palestras da Semana Espírita 2017 22/08/2017
Mocidade Espírita convida 11/08/2017
Edição eletrônica 04/08/2017
Nabor retorna à pátria espiritual 10/07/2017
Os números do GEB em 2016 28/06/2017
Doações fazem a diferença 11/06/2017
Edição eletrônica 25/05/2017
Participe! 03/05/2017
Imagens do Ciclo de Palestras 11/04/2017
XI Ciclo de Palestras Espíritas foi um sucesso 09/04/2017
Versão eletrônica disponível neste site 03/04/2017
Começa em Abril! 13/03/2017
160 anos de O Livro dos Espíritos 03/03/2017
53 anos de fundação 14/02/2017
GEB celebra 53 anos de fundação 12/01/2017
Fim do recesso. Retomamos todas as atividades da Casa 19/12/2016
Apresentações de Natal do Coral Interludio 18/12/2016
Inscrições para o Grupo de Estudos A Gênese 18/12/2016
Distribuição de Natal 11/12/2016
20 Anos de Batuíra Jornal 10/12/2016
Distribuição Semestral acontece neste domingo 07/12/2016
EEIJ: emoção no encerramento do ano letivo de 2016 07/12/2016
Nosso Projeto. Sua Obra 15/11/2016
Epístolas de Paulo à luz do Espiritismo 15/11/2016
Lar Transitório completa 14 anos de existência 19/10/2016
Para não se esquecer de Yvonne Pereira 19/10/2016
Destaques da edição 18/10/2016
Educação e Amor 18/10/2016
Colabore! 23/09/2016
Yvonne Pereira: uma heroína silenciosa 22/09/2016
Heloisa Pires no GEB 22/09/2016
Maria Pia retornou ao Mundo Espiritual. 25/08/2016
Batuíra Jornal 06/08/2016
Crianças da EEIJ visitam o Memorial Spartaco Ghilardi 26/06/2016
15 toneladas de alimentos são entregues aos assistidos do GEB na Brasilândia 12/06/2016
Memorial Spartaco Ghilardi: justa homenagem 25/05/2016
Nova edição do Batuíra Jornal 25/05/2016
45 anos distribuindo amor e caridade 10/05/2016
O Livro dos Médiuns – Inscrição Aberta 08/05/2016
104ª Distribuição Semestral: Expresse sua solidariedade! 01/05/2016
Gripe H1N1 - Previna-se! E evite a propagação da doença. 01/05/2016
Semeando amor e solidariedade! 10/04/2016
Ciclo de Palestras foi um sucesso. 10/04/2016
Edição eletrônica do Batuíra Jornal 08/04/2016
Além das fronteiras da Brasilândia 08/04/2016
Batuíra Jornal: edição eletrônica 10/02/2016
Unidade Brasilândia: encontros preparatórios para entrevista de emprego 28/01/2016
52 anos de atividades permanentes 11/01/2016
103ª Distribuição Semestral: Natal solidário para 344 famílias assistidas. 13/12/2015
Entrevistas para o Curso Básico de Espiritismo 29/11/2015
Edição eletrônica do Batuíra Jornal 25/11/2015
Participe da 103ª Distribuição de Natal na Brasilândia 15/11/2015
Grupo de Estudos A Gênese: Inscrições abertas 15/11/2015
Em uma tarde especial, Festiva faz sucesso! 05/10/2015
GEB publica Folder com novo modelo de gestão. 16/09/2015
Inscrições abertas para o grupo de estudos do livro O Céu e o Inferno 15/09/2015
Mutirão Jurídico na Brasilândia: Acesso à Justiça e Novos Voluntários. 11/09/2015
Reserve sua agenda: Domingo, 04 de Outubro, das 13 às 17 horas. 02/09/2015
Lar Transitório Batuíra: 13 anos de contínuo trabalho 31/08/2015
A celebração dos 150 anos da obra O Céu e o Inferno 27/08/2015
Batuíra Jornal de julho/agosto: Leia a versão eletrônica 18/08/2015
GEB realiza primeiro atendimento jurídico-fraterno externo 03/08/2015
Distribuição Semestral: Acolhimento e Amor ao Próximo. 23/06/2015
Unidade da Brasilândia recebe alunos do Curso Básico de Espiritismo 22/06/2015
Alimentos, roupas, cobertores e calçados para os assistidos do GEB em Vila Brasilândia. 14/06/2015
Novos grupos de estudos do livro "O Evangelho Segundo Espiritismo" 17/05/2015
Dentistas orientam crianças para adequada escovação de dentes 13/04/2015
Curso de Auxiliar de Escritório na Unidade Brasilândia 24/03/2015
Grupo de Estudos de O Livro dos Médiuns: Entrevistas 19/03/2015
Novos dirigentes do GEB para o triênio 2015/2018 18/03/2015
Curso de Teatro: Grupo Brasa Meninos de Brasilândia 02/03/2015
GEB recebe doação da SODEXO na campanha para o Dia Mundial da Alimentação 04/02/2015
Livro retrata a história do Grupo Espírita Batuíra 02/02/2015
Marlene Nobre retornou à pátria espiritual 05/01/2015
50 anos de estudo de O Livro dos Espíritos 22/12/2014
Distribuição de Natal: 309 famílias - 1893 pessoas atendidas. 14/12/2014
Assistidos do GEB recebem nova doação da Sodexo. 12/12/2014
101ª Distribuição Semestral: Ação de Natal Entre Amigos 10/11/2014
Curso de Iniciação à Informática é inaugurado em Vila Brasilândia 07/11/2014
Livro GEB 50 Anos de Mais Luz e concerto sinfônico no Theatro São Pedro 13/10/2014
Lar transitório completa 12 anos 26/09/2014
Unidade Brasilândia inaugura Dispensário de Medicamentos 26/09/2014
Assistidos aplaudem Mutirão de Orientação Jurídico na Brasilândia 26/09/2014
EEIJ: Crianças florescendo na escola presente 19/08/2014
Intercâmbio entre Casas Espíritas: Káritas e Batuíra se ajudam mutuamente. 04/08/2014
Doe Leite em Pó. As crianças da Brasilândia agradecem! 30/07/2014
Cursos profissionalizantes na Unidade da Brasilândia 08/07/2014
Inscrições abertas para o Curso de Informática e Auxiliar de Escritório na Unidade Brasilândia 03/07/2014
100ª Distribuição Semestral 08/06/2014
Centenário de nascimento de Spartaco Ghilardi 05/05/2014
A Água Pede Ajuda! 24/03/2014
Curso de Auxiliar de Escritório na Brasilândia 23/03/2014
GEB se confraterniza com casas espíritas vizinhas, em comemoração ao seu 50º aniversário de fundação. 05/02/2014
Inscrições abertas para curso de Educação Espírita Infantojuvenil 27/01/2014
GEB comemora 50 anos de fundação. 05/01/2014
Distribuição de Natal atendeu 301 famílias em Vila Brasilândia 09/12/2013
Cursos profissionalizantes da Brasilândia empregam 68% dos participantes. 19/11/2013
Festiva foi um sucesso! 07/10/2013
Mutirão Cidadão orientou comunidade na Unidade Brasilândia 02/08/2013
Batuíra Jornal Edição 100: Hora da Retrospectiva 31/07/2013
Therezinha Oliveira retornou ao Mundo Espiritual 29/07/2013
Festiva 2013: festa de congraçamento do GEB 26/07/2013
98ª Distribuição Semestral: nove toneladas de alimentos e quase 25 mil peças de roupas entregues. 10/06/2013
Cursos profissionalizantes gratuitos de modelagem industrial de blusas e costureira(o) na Unidade da Brasilândia. 10/06/2013
Curso gratuito para formação de auxiliar de escritório 10/06/2013
Mocidade comemora 40 anos de existência 10/06/2013
Doação online para a campanha Coração Solidário 24/05/2013
Doe cobertores e alimentos para 98º Distribuição Semestral 10/05/2013
Zita Ghilardi retornou à pátria espiritual 06/05/2013
Estudo do livro O Evangelho Segundo Espiritismo: inscrições abertas. 10/04/2013
Ciclo de Palestras Espíritas 04/04/2013
Mais uma Distribuição Semestral 04/04/2013
Palestras na Brasilândia 01/03/2013
Apolo Oliva Filho retorna à Pátria Espiritual 19/02/2013
Corte e Costura promove integração 08/02/2013
GEB: 49 anos de fidelidade à Doutrina Espírita 09/01/2013
Fim do ano de 2012 no GEB 28/11/2012
Notícias - Mais…