Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação
Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Mocidade 50 anos: Escola de Almas

Mocidade 50 anos: Escola de Almas

A Mocidade Espírita Batuíra celebra a marca de 50 anos de existência no GEB. Desde 1973, desenvolve um trabalho dedicado ao estudo da Doutrina Espírita voltado inteiramente ao público jovem, buscando repercutir junto dele temas atuais e inquietantes para essa faixa etária, sob uma visão do Espiritismo. Clique e conheça mais!

27 de maio de 1973. Nesta data, o Grupo Espírita Batuíra dava mais um passo em seu compromisso de divulgar a Doutrina Espírita, auxiliando encarnados e desencarnados em nossa grande missão de vida: a reforma íntima.

 Jovens participantes do grupo atual da Mocidade, que se divide entre encontros presenciais e virtuais todos os sábados.

Atualmente, as reuniões da Mocidade acontecem aos sábados, das 18h às 19h30. Os participantes têm a partir dos 16 anos. A maioria chega depois de integrar a Educação Espírita Infantojuvenil e a pré-Mocidade. O principal requisito, portanto, é o desejo de estudar a Doutrina Espírita e, à luz dela, refletir sobre tantos temas inquietantes nessa fase da vida.

O atual coordenador é Daniel Steagall, 29 anos. As primeiras lições do Espiritismo, ele aprendeu em casa, já que é a quarta geração de espíritas na família, e no próprio Batuíra, onde já vinha na barriga da mãe. Daniel acredita que manter alta a participação é mais fácil na prática do que parecia na teoria:  - As pessoas hoje estão buscando se instruir à luz do Espiritismo e percebo que muitos jovens após a Mocidade se engajam em outros trabalhos nas áreas doutrinária e assistencial, como o COEEM, o Curso Básico e Brasa Jovem (em Brasilândia). Para mim, ser coordenador da Mocidade é uma oportunidade única para exercitar a disciplina e para desenvolver novos estudos de temas doutrinários. Também representa trabalho, amizade e crescimento.

 Além das reuniões semanais, a turma da Mocidade colabora com o Brasa Jovem, projeto desenvolvido na Unidade Dona Aninha, em Vila Brasilândia, em que os participantes têm oficinas que visam à disseminação de valores éticos e cristãos, e estimulam o engajamento em ações de melhoria do bairro e da sociedade de modo geral.

Atrair os jovens para o estudo da Doutrina Espírita em tempos de internet, de redes sociais abundantes e, mais recentemente, da nascente inteligência artificial exige uma metodologia especial, nada fácil e diversa. A Mocidade Espírita do GEB trabalha com esse desafio imposto pelo século 21. 

 As portas estão sempre abertas a novos integrantes, mesmo de outros estados e países, já que é possível acompanhar as reuniões também online.

Um pouco de história:

 Até 1973, os jovens frequentadores do Grupo Espírita Batuíra se reuniam para o estudo da Doutrina sob orientação do Departamento de Infância e Juventude, dirigido por Wanda do Nascimento Santos. Foi dela a ideia de criar um segmento especial para os que atingiam a maioridade. A proposta foi logo aprovada por Spartaco Ghilardi, médium notável e principal fundador de nossa Casa, que, ao lado da esposa Zita, esteve presente na cerimônia de fundação. Aproximadamente quarenta jovens participaram do evento inaugural - entre eles, Geraldo Ribeiro, atualmente 1º. vice-presidente do GEB, e que havia sido convidado por Wanda para ser o primeiro coordenador da Mocidade.

Entrevistas

Geraldo Ribeiro da Silva, atual primeiro vice-presidente e diretor de doutrina do GEB,  foi o primeiro coordenador da Mocidade. Nesta entrevista ele relembra os primeiros passos da criação da Mocidade.

BJ: O que foi combinado entre D. Wanda Santos, Spartaco e você, na criação da Mocidade?

GR: É bom esclarecer que minha primeira tarefa no GEB foi dar aula de moral cristã para as criancinhas. Depois, lembro que, num fim de semana, D. Wanda Santos – diretora da Escola de Moral Cristã - promoveu um Encontro de Evangelizadores, visando ao aperfeiçoamento da equipe. Na oportunidade, ela me pediu para falar sobre o tema Comunicação Humana. No final do encontro, ela me chamou de lado e me convidou para criar e dirigir a Mocidade, pois, segundo ela, os jovens precisavam de um espaço para estudar a Doutrina Espírita.

A proposta foi levada para o Sr. Spartaco, que a acolheu com entusiasmo. Aí, entrou no grupo mais uma colaboradora, D. Neyde Oliva (esposa do prof. Apolo). D. Wanda, D. Neyde e o Sr. Spartaco definiram as diretrizes para o funcionamento da Mocidade. Uma dessas diretrizes era ter pessoas mais experientes, cooperando com os jovens no estudo da Doutrina Espírita e do Evangelho. Eu fiquei responsável pelo planejamento, definindo objetivos, temas a serem estudados, sequência; organização do departamento em setores (secretaria, estudo, eventos sociais, arte etc.), de modo a aproveitar o talento de cada um deles dentro do departamento.

Só depois de tudo preparado, é que a proposta foi levada para apreciação e aprovação da diretoria do GEB. A reunião foi presidida pelo Dr. Reynaldo K. Busch, 1º vice-presidente. Lembro que o Douglas Bellini, 2º vice-presidente, estava presente, e enalteceu a criação do novo departamento, enxergando-o como um meio de preparar jovens para o futuro da Casa.

BJ:  O Espiritismo está “envelhecendo”, dizem, juntamente com seus frequentadores. Nesse cenário, qual é a importância da mocidade?

GR: Embora o cenário mostre um pouco isso, que os mais velhos estão no poder ou na direção de muitos trabalhos, acho que os jovens estão tendo oportunidades de trabalhar dentro das Casas Espíritas. Hoje, em nossa diretoria, temos vários diretores que outrora participaram da Mocidade. Eu, por exemplo, sou um deles. Meu filho Gabriel, ex-diretor da Mocidade, é atualmente diretor jurídico; auxiliando-o na área, tem a Marina Ginjo, também ex-coordenadora. Dr. Marco Antonio é presidente do Conselho de Administração. Dr. Ricardo Pastori é membro do Conselho etc.

Guto Melani, Ricardo Pastori, Paulo Sérgio, Marco Antonio e Geraldo Ribeiro: coordenadores da Mocidade em várias épocas.

BJ: O que mudou na sua vida ter sido o primeiro coordenador? Como isso marcou sua trajetória de estudo da Doutrina e no GEB?

GR: Mudou muita coisa. Tive que estudar mais, pois sabia que estava diante de um grupo forte e já conhecedor do Espiritismo. Vários eram estudantes universitários e oriundos de famílias espíritas. Eu me considerava pouco preparado doutrinariamente para assumir uma função de tanta responsabilidade. Além de estudar mais, tive que ouvir mais e não me colocar numa condição superior. Percebi que administrando o grupo com bom senso, humildade e aproveitando o potencial de cada um, os resultados seriam bons para todos. Dentro do GEB, passei a ter mais visibilidade, pois o coordenador da Mocidade tinha, na época, assento nas reuniões de diretoria. Esse fato me ajudou a ter mais consciência do papel das instituições espíritas no estudo, na divulgação e prática da Doutrina Espírita.  Procurei, como coordenador da Mocidade, inserir isso nos movimentos de mocidades espíritas da região; acho que deu bons frutos. Hoje, a Mocidade continua desenvolvendo sua função de preparar jovens para o futuro. Como membros da diretoria do GEB, devemos apostar no potencial jovem e não querer nos perpetuar nos cargos.

  

Jovens sempre motivados e integrados nos trabalhos assistenciais realizados pelo Grupo Espírita Batuíra.

O segundo coordenador da Mocidade Espírita Batuíra, com mandato a partir de 1980, foi o médico Marco Antonio Pereira dos Santos. Atualmente, além de palestrante, é o presidente do Conselho de Administração do Grupo Espírita Batuíra. Quando a Mocidade foi criada, em 1973, ele já era estudante de medicina. Ao se formar, assumiu a coordenação do grupo, sucedendo Geraldo Ribeiro da Silva. Acompanhe a entrevista que o Batuíra Jornal fez com o Dr. Marco Antonio sobre aqueles primeiros tempos, os desafios atuais e a importância da participação de jovens nos grupos de estudo.

BJ: Como segundo coordenador da Mocidade, qual foi seu papel/orientação na época?

Marco: De 1973, quando a Mocidade foi fundada, a 1979, o período do Geraldo na coordenação coincidiu com a minha formação médica. Eu vinha a São Paulo às vezes, nos fins de semana, então poderia frequentar ou não a Mocidade, mas estava fazendo curso médico que me exigia bastante trabalho nos hospitais para minha formação. O trabalho do Geraldo foi muito importante. Nós tínhamos mais de 30 jovens nessa época e foram anos importantes na estruturação da Mocidade na casa, aprovada pelo seu Spartaco. Em 1980, já trabalhando como residente no Hospital das Clínicas, e já casado, eu vim pra São Paulo definitivamente. Aí, até 1985, eu assumi como o segundo coordenador da Mocidade Espírita Batuíra. Minha ênfase, na época, foi estudar, além das obras clássicas da Doutrina Espírita, os livros de André Luiz. Como médico, eu atraí também alguns outros colegas da área médica para o grupo. Estudamos Missionários da Luz, Nos Domínios da Mediunidade, Vida e Sexo, que o Chico Xavier tinha acabado de escrever em 1979.

BJ: Como se deu a escolha de seu nome para suceder o Geraldo e como se viu diante dessa responsabilidade?

Marco: Eu já era vice-coordenador junto com o Geraldo e esse trabalho conjunto, no primeiro mandato dele, era supervisionado pelo seu Spartaco. Foi natural assumir o cargo assim que eu voltei pra São Paulo e casei já com a Cristina. Minha mãe (Wanda Santos), sendo responsável pela evangelização nesse período, claro, confiava que nós, da família, também pudéssemos ter alguma atividade dentro do Grupo Espírita Batuíra. Assim, eu já me achei com conhecimento doutrinário e também vivência pessoal para assumir o cargo. Depois, também meu irmão, Paulo Sérgio, foi coordenador do grupo.

BJ: Quais eram as demandas dos jovens naquela época que, na sua opinião, diferem das de hoje?

Marco: Na era pré-internet, o mundo tinha mais contato presencial. O movimento espírita tinha muitos jovens em várias casas. Tínhamos congressos da USE, palestras com vários oradores convidados. No Batuíra também. Criamos, na nossa gestão, o Mês do Moço, quando os jovens ficam responsáveis pelas palestras, tradição que se mantém até hoje, com o objetivo de dar visibilidade ao jovem na casa. Era, e ainda é, uma oportunidade para que eles treinassem como oradores, e iniciassem a experiência como divulgadores. A Mocidade era um elemento de reunião, nós éramos, além da Mocidade, também evangelizadores. A maioria de nós trabalhava também como evangelizador na Vila Brasilândia ou na Caiuby. Minha mãe, junto com dona Neide Oliva, sua filha Eurídice, sempre foram muitos dedicadas à educação infantil. Eu admirava a coragem daquelas senhoras nos anos 80 e 90, em Vila Brasilândia, com mais de quatrocentas crianças nas diferentes classes. Então, era preciso contar com a Mocidade na evangelização, nas distribuições. A gente fazia uma Mocidade muito dinâmica. Havia essa alegria de sairmos juntos, irmos ao cinema juntos, comíamos pizza no sábado à noite. Havia um contato mais próximo entre as pessoas e muitos casamentos, inclusive, ocorreram. Vários casais foram se formando ao longo do tempo dentro do Batuíra, eu mesmo e a Cristina, em função desse contato mais próximo.

BJ: Qual a importância de grupos de Mocidade não só no GEB, mas em casas espíritas?

Marco: É o momento único em que o jovem, antes de assumir seus compromissos profissionais, escolares, graduação ou pós-graduação, pode se aprofundar nos assuntos, nos textos, palestras, estudos. A disponibilidade se reduz à medida que os compromissos da vida vão chegando. Eu diria que o tempo da Mocidade é super importante. Alguns desses jovens já têm compromissos mediúnicos, então é um período que deve ser bem aproveitado.

BJ: De que forma os pais podem estimular os filhos a se engajarem em grupos de estudo religioso?

Marco: É um desafio difícil para os pais hoje. As próprias casas espíritas não têm uma metodologia que atraia o jovem em seus dilemas do dia a dia. Os veículos de comunicação bombardeiam 24 horas os nossos jovens com informações conflitantes com os nossos valores e práticas. Os amigos na escola têm grande influência sobre eles e essa influência contraria qualquer abordagem mais profunda dos conflitos próprios da adolescência. Portanto, os pais têm grande dificuldade em influenciar seus filhos na frequência da casa espírita.

Mocidade: celeiro de trabalhadores

Centenas de jovens integraram as turmas que se formaram ao longo dessas cinco décadas. Jovens que hoje são pais, avós, alguns já até regressaram à pátria espiritual. É por eles, pelos atuais frequentadores e todos os demais que ainda virão, que vale a pena comemorar esses 50 anos ininterruptos de trabalho e dedicação.

Daniel Steagall lembra os objetivos do grupo: - Além de preparar os jovens para lidar com as adversidades e as conquistas do cotidiano, e desenvolver laços de amizade e cumplicidade, é formar futuros trabalhadores da Casa Espírita.

E isso tem sido cumprido à risca. Muitos frequentadores se engajam em outras atividades como voluntários, conscientes da importância de servir e se dedicar ao próximo nas mais diferentes frentes que a casa oferece, abraçando o lema de nosso patrono Batuíra: trabalho, trabalho e trabalho.

 Atualmente, só na Diretoria Executiva e no Conselho de Administração do GEB, há cinco ex-coordenadores da Mocidade:

  • Marco Antonio Pereira dos Santos - presidente do Conselho de Administração
  • Geraldo Ribeiro da Silva, 1º. vice-presidente executivo
  • Ricardo Pastori – membro do Conselho de Administração
  • Gabriel Branchini da Silva – diretor jurídico
  • Marina Ginjo – assistente do Departamento Jurídico

 

Ricardo Pastori, médico, filho de um dos fundadores de nossa casa, Hermenegildo Pastori, passou pela Escola de Moral Cristã e entrou para a Mocidade aos 18 anos. Hoje, além de integrar o Conselho de Administração, faz parte da equipe médica e de desobsessão do Lar Transitório e da UTE (Unidade de Terapia Espiritual), na unidade Dona Aninha, em Vila Brasilândia. Também colabora com a equipe de palestrantes nas reuniões públicas na Unidade Spartaco Ghilardi, e nas da Fluidoterapia no Lar Transitório. Já atuou como evangelizador infantil e, ainda, como monitor do Curso Básico e do COEEM (Centro de Orientação, Estudo e Educação Mediúnica).

 - A motivação para o engajamento dos jovens no trabalho voluntário advém, com certeza, do estudo da Doutrina, que desperta em nós o desejo de ser útil e solidário. Além disso, a Mocidade Batuíra exerceu profunda influência em mim, compartilhando com amigos muito queridos o estudo da Doutrina Espírita e as atividades assistenciais, onde identifiquei caminhos que seguiria em minha vida – conta o Dr. Ricardo.

Gabriel Branchini da Silva classifica o período em que esteve na Mocidade como “anos incríveis”, marcados por muita união e aprendizado: - Além dos encontros regulares, convidávamos oradores experientes, inclusive de fora do GEB, para debater com os jovens os temas espíritas mais complexos. Após o período na Mocidade, passei a fazer palestras até ser convidado, há mais de sete anos, para participar da Diretoria Executiva como assessor jurídico. Em 2021, assumi como diretor jurídico, após o desencarne do saudoso Tufi Jubran. Seja nas atividades doutrinária, seja no serviço assistencial, a Mocidade tem mostrado ao longo dos anos seu valor, sua alegria de participar, estudar, aprender e ensinar.

 Luiz Augusto Melani, engenheiro mecânico, foi coordenador entre 1994 e 2000, e hoje é diretor de uma fábrica na Alemanha. Tem 50 anos. Mesmo distante fisicamente do GEB, conta que, em casa com a esposa e filhos, estuda o Espiritismo, um hábito herdado não só da própria família, mas também baseado em tudo o que aprendeu a amar desde os tempos da Mocidade. O trabalho voluntário também: - Trabalhei na escola... junto com minha mãe, Moema Melani, como monitor no COEEM e, ainda, no programa da Família Assistida, em Brasilândia. Mexe muito com meu coração lembrar o que fazíamos… Foram muitas lições de amor ao próximo, sem falar nas amizades sólidas que construí com pessoas maravilhosas, como Marquinho (Marco Antonio dos Santos), Geraldo (Geraldo Ribeiro da Silva) e Ricardo Pastori, que era o coordenador da Mocidade quando comecei a frequentá-la, e a quem depois eu sucedi. Que pessoa fantástica!

Outra trabalhadora que a Mocidade ajudou a formar para os trabalhos do GEB é Rosely Marotta, assessora das diretorias de Mediunidade e de Cultura Espírita, coordenadora do setor de Passes, além de palestrante e facilitadora do Grupo de Estudos do Evangelho Segundo o Espiritismo. Ela tinha 16 anos quando ingressou na Mocidade, na década de 1990. - Representou minha primeira oportunidade de estudo aprofundado da Doutrina Espírita. Foi pela Mocidade que recebi uma oportunidade de trabalho na "Casa de Batuíra". Eu e meu esposo, que também participava, fizemos amizades muito especiais que conservamos até hoje. Gratidão eterna.

Por tantos relatos, está claro que estimular a formação espírita-cristã em crianças e jovens é como pavimentar um caminho de estudo e trabalho, amparando mudanças de atitude e renovação de sentimentos.

É isso que o Grupo Espírita Batuíra vem fazendo há décadas, desde a fundação da Escola de Moral Cristã para crianças e, posteriormente, a Mocidade. Duas frentes de um projeto único, que teve e tem a colaboração de inúmeros voluntários e, sem dúvida, contou com a dedicação e o amor de Wanda do Nascimento Santos, que em 1970 tornou-se diretora do Departamento de Infância e Juventude.

Paulo Sergio Pereira dos Santos, um dos filhos de dona Wanda, que foi coordenador da Mocidade (1985-1991) e trabalhou como evangelizador infantil, faz uma reflexão de que as mocidades são hoje o grande desafio para o movimento espírita, ao observar-se o distanciamento dos jovens da casa espírita:

-  As casas buscam soluções para retomá-los, reorientá-los e prepará-los para uma série de situações num mundo mais complexo do que eu vivi na minha juventude.

 Destaca quantos trabalhadores foram formados nos projetos do GEB voltados a crianças e jovens que, na verdade, são um grande programa de evangelização das famílias.

- Desejo que o Grupo Espírita Batuíra, esta casa querida nossa, receba todas as vibrações positivas para que este projeto de Mocidade prossiga por um longo tempo. Aos que nos precederam, todo o nosso carinho e agradecimento pelo que nos ajudaram a construir.

Depoimentos

  • Publicado na edição do Batuíra Jornal - Edição comemorativa dos 50 anos da Mocidade.

 

 

 

Notícias
120ª Distribuição do Batuíra 09/06/2024
60 anos da Escola de Moral Cristã 19/05/2024
Ajude nossos assistidos 13/05/2024
Amai-vos e instrui-vos! 14/04/2024
Alterações no Estatuto Social 03/04/2024
GEB celebra os 160 anos de “O Evangelho Segundo Espiritismo” 24/03/2024
Contas do Exercício de 2023 aprovadas 20/03/2024
Edição recheada de emoção! 04/03/2024
Eleita nova diretoria do GEB para o triênio 2024/2027 07/02/2024
GEB completa 60 anos de fundação! 15/01/2024
60 Anos do GEB 07/01/2024
Acolhimento e muito amor na 119ª Distribuição 10/12/2023
É ato de amor solidário! Colabore! 15/11/2023
Leia nesta edição 05/10/2023
Mocidade 50 anos: Escola de Almas 30/05/2023
Edição comemorativa 28/05/2023
Colabore com a Distribuição Semestral! 06/05/2023
Serviço de Passe ganha reforço 05/04/2023
Boa Leitura! 03/04/2023
Temas atuais à luz do Espiritismo 12/03/2023
10 anos ininterruptos de amor fraterno! 05/03/2023
Sua doação faz a diferença! 27/02/2023
Encontro de Educadores da EEIJ 14/02/2023
Leia nesta edição 20/12/2022
Seguindo a lição de Jesus! 13/12/2022
Quinto curso de limpeza na Brasilândia 19/11/2022
Colabore com nossos assistidos! 11/11/2022
Brasa Jovem prepara adolescentes 03/11/2022
Palestras Públicas e Fluidoterapia 31/10/2022
Douglas Bellini e o GEB 16/10/2022
Boa Leitura! 29/08/2022
Saúde mental é tema de workshop no Brasa Jovem 17/08/2022
Com amor, estendendo a mão a quem precisa! 31/07/2022
50 anos acolhendo mães e filhos 31/07/2022
Brasa Jovem e as lições da natureza 31/07/2022
Oficinas do Lar Transitório dão frutos 31/07/2022
Leia nesta edição 10/06/2022
A festa da meninada 15/05/2022
Ajude-nos em nossa missão de fraternidade e solidariedade 07/05/2022
O GEB cresce movido a amor 05/04/2022
Atividades doutrinárias presenciais 05/04/2022
Brasilândia: retorno com muito amor! 05/04/2022
Leia nesta edição 29/03/2022
58 anos de existência 18/01/2022
Unidade Spartaco Ghilardi - Caiubi 29/12/2021
Na Brasilândia, um farol chamado Unidade Dona Aninha 27/12/2021
Unidade Doutrinária Spartaco Ghilardi 27/12/2021
CEI Batuíra de braços abertos 27/12/2021
O Lar Transitório continua sendo mais que uma casa, é um lar! 27/12/2021
Luta pela adoção premia um batuirense 27/12/2021
Tempo de renovar as esperanças e fortalecer a fé 21/12/2021
600 famílias atendidas na maior Distribuição do GEB 12/12/2021
XVI Encontro de Educadores da EEIJ 24/10/2021
Novo diretor jurídico 29/09/2021
Contas de 2020 aprovadas pela AGO 29/09/2021
Brasa Mais: um olhar para o futuro 11/09/2021
Mais enxovais para os bebês de Vila Brasilândia 10/09/2021
GEB colabora com a vacinação contra a covid 10/09/2021
Lar Transitório completa mais um ciclo de amor 29/08/2021
GEB sempre presente 25/08/2021
Segundo encontro de facilitadores 15/08/2021
Marmitas saborosas e nutritivas 11/08/2021
De volta à pátria espiritual 10/08/2021
Concluída a 114ª Distribuição na Brasilândia 27/07/2021
Tufi Jubran retorna à pátria espiritual 11/07/2021
Ronda Noturna: amor e acolhimento 03/07/2021
Comunidades da Brasilândia são atendidas 03/07/2021
Concluída a 114ª Distribuição na Brasilândia 27/06/2021
Edição histórica 20/05/2021
Gratidão ao idealizador do GEB 10/05/2021
Curso prepara jovens para o mercado de trabalho 09/05/2021
Um facho de luz a iluminar vidas 04/05/2021
Comemoração pela Web 02/05/2021
Cinquentenário da Unidade da Brasilândia 29/04/2021
Doações podem ser feitas pelo PIX 16/04/2021
Participe desta ação de amor e fraternidade! 10/04/2021
Marmita e cesta básica solidárias. Doe e faça parte deste ato de amor! 27/03/2021
Leia nesta edição 27/02/2021
GEB convoca AGO 22/01/2021
GEB: 57 anos de fundação 15/01/2021
2020: Lar Transitório em tempo de Covid19 31/12/2020
2020: #GEBnaWeb 30/12/2020
2020: ano de aprendizado e mudanças 20/12/2020
Distribuição de Natal: 2 mil pessoas, 400 famílias atendidas 15/12/2020
Hermógenes Augusto Batalha Siqueira 30/11/2020
74ª AGO aprova contas de 2019 11/10/2020
Edital de Convocação 01/10/2020
Edição online 21/09/2020
Brasilândia oferece Cursos Profissionais à Distância 05/09/2020
18 anos de cuidados, fraternidade e amor! 29/08/2020
Brasa Mais: Fortalecendo vínculos em tempos de COVID 20/08/2020
Da sopa para marmitex: com criatividade, ajuda permanente! 15/07/2020
Sua doação faz a diferença 12/07/2020
Estudo virtual começa dia 3 de agosto 04/07/2020
Quarentena, sim. Em oração, sempre! 20/06/2020
Amor e solidariedade 16/06/2020
Tudo pronto! 284 famílias serão acolhidas pela 112ª Distribuição 14/06/2020
Nossa fraternidade não pode falhar! Colabore! 20/05/2020
Contribuições de Associados em tempos do COVID -19 17/05/2020
Mensagens de acolhimento e reflexão 12/05/2020
Amor e solidariedade em tempos de COVID 19 18/04/2020
Doe seus créditos da Nota Fiscal Paulista para o GEB 02/04/2020
Preces e vibrações em nosso próprio lar 30/03/2020
Estude a Doutrina Espírita 25/03/2020
Atividades Suspensas 25/03/2020
Leia nesta edição 09/03/2020
Educandário do Amor, uma colônia espiritual 08/03/2020
56 anos de mais luz! 16/01/2020
Inscrições abertas para oficinas de violão e teatro. 15/01/2020
Brasilândia: Inscrições abertas para Cursos Profissionais 13/01/2020
Brasilândia: cursos profissionalizantes em 2020 13/12/2019
Amor e solidariedade 08/12/2019
Festival da Caridade 08/12/2019
Edição eletrônica disponível 30/11/2019
40 anos dos Samaritanos 24/10/2019
Am@r digital 13/10/2019
Suely Caldas Schubert no GEB 12/10/2019
Leia nesta edição 12/10/2019
15 anos do Coral Interlúdio 12/10/2019
17 anos de Lar Transitório 29/08/2019
Terceira Idade aplaude Coral Interlúdio 29/08/2019
Ronda Noturna: amor num café com leite quente 09/08/2019
Visita ao Memorial Spartaco Ghilardi 09/08/2019
Lar Transitório: A volta aos bancos escolares 09/08/2019
Acesse a edição eletrônica 05/08/2019
AGO aprova contas de 2018 19/06/2019
Doações que transformam vidas 11/06/2019
73ª Assembléia Geral Ordinária 10/06/2019
Grupo de estudo: faça sua inscrição 31/05/2019
Está pronto o novo prédio em Brasilândia 29/05/2019
Colabore! 02/05/2019
Brasilândia de cara nova 27/04/2019
Aprender para mudar 17/04/2019
Edição eletrônica disponível 13/04/2019
XIII Ciclo de Palestras Espíritas encerrado. Sucesso! 08/04/2019
Zelo pela Doutrina dos Espíritos 07/04/2019
Do Outro Lado da Vida 06/04/2019
Saúde, Espiritismo e Mediunidade 05/04/2019
Reflexões sobre o Cristianismo e o Espiritismo 04/04/2019
Animais e Física Quântica sob a ótica da Espiritualidade 04/04/2019
Ciclo de Palestras: Amai-vos e Instruí-vos. 02/04/2019
Semana de estudos da Doutrina Espírita no GEB 01/04/2019
Participe! 13/03/2019
Cursos profissionalizantes em Brasilândia 12/03/2019
Inscrições abertas 12/03/2019
Novo prédio na Brasilândia 09/02/2019
Versão eletrônica já disponível neste site 08/02/2019
Educação Espírita Infantojuvenil: Inscrições abertas 24/01/2019
Comemoração dos 55 anos de fundação do GEB 14/01/2019
13 de janeiro de 2019: Palestra comemorativa 28/12/2018
Brasilândia: Cursos profissionalizantes em 2019 12/12/2018
358 famílias atendidas na Distribuição de Natal 10/12/2018
Inscrições Abertas para o Grupo de Estudos 08/12/2018
É domingo a 109ª Distribuição Semestral do GEB 05/12/2018
Emoção no encerramento do ano da Escola de Moral Cristã do GEB 28/11/2018
Colabore! 22/11/2018
Leia a versão eletrônica 22/11/2018
Coral Interlúdio – 14 anos 20/11/2018
Integração de voluntários da Fluidoterapia 13/11/2018
Oficinas de Vida Nova 15/10/2018
Simonetti retornou ao mundo espiritual 04/10/2018
Edição eletrônica 04/10/2018
Wanda retorna à pátria espiritual 04/10/2018
16 Anos. Viva o Lar Transitório! 01/09/2018
Inscrições Abertas. Vagas Limitadas! 30/08/2018
Edição eletrônica 23/07/2018
Grupo de Estudos - Inscrições Abertas 18/07/2018
Obras em Vila Brasilândia avançam! 17/07/2018
Ricardo Bernardes Ferreira retorna ao mundo espiritual 07/07/2018
Copa do Mundo e União dos Povos 28/06/2018
David Rechulsky Berezovsky retornou à pátria espiritual 21/06/2018
Curso de Auxiliar de Escritório 12/06/2018
Cursos de Costureira (o) e Modelista na Brasilândia 12/06/2018
108ª Distribuição Semestral na Brasilândia 11/06/2018
Obras na Unidade Brasilândia 25/05/2018
Encontro de Voluntários da Família Assistida 25/05/2018
Edição eletrônica disponível 25/05/2018
Mostre sua Vontade de Ajudar! 15/05/2018
Sucesso! 09/04/2018
Acesse a versão eletrônica 09/04/2018
De hoje a domingo, reflexões importantes no XII Ciclo de Palestras 05/04/2018
Palestras desta quarta-feira 04/04/2018
XII Ciclo de Palestras 03/04/2018
Participe! 30/03/2018
Nova diretoria do GEB 21/03/2018
Savério Latorre retornou à Pátria Espiritual 16/03/2018
Obras na Brasilândia avançam 13/03/2018
Cursos de Costureira(o) e Modelista na Brasilândia 12/03/2018
Mais de duas centenas de participantes 08/03/2018
Atualidade da casa e reflexões para o futuro 09/02/2018
Creche do GEB recebe material escolar da Prefeitura de São Paulo 07/02/2018
Primeira etapa de trabalho 30/01/2018
Começam as obras em Vila Brasilândia 17/01/2018
54 Anos do GEB 15/01/2018
Edição extra: 40 anos de COEEM 14/12/2017
307 Famílias Atendidas 11/12/2017
COEEM comemora 40 anos 08/12/2017
Criançada da EEIJ da Vila Brasilândia 06/12/2017
Edição Eletrônica 03/12/2017
Justa homenagem 09/10/2017
Lar Transitório comemora 15 anos 27/09/2017
O assunto é: depressão! 26/09/2017
Dialogando e aprendendo 26/09/2017
Destaques da edição 25/09/2017
Colabore! 20/09/2017
Vídeos das Palestras da Semana Espírita 2017 22/08/2017
Mocidade Espírita convida 11/08/2017
Edição eletrônica 04/08/2017
Nabor retorna à pátria espiritual 10/07/2017
Os números do GEB em 2016 29/06/2017
Doações fazem a diferença 11/06/2017
Edição eletrônica 25/05/2017
Participe! 04/05/2017
Imagens do Ciclo de Palestras 11/04/2017
XI Ciclo de Palestras Espíritas foi um sucesso 10/04/2017
Versão eletrônica disponível neste site 04/04/2017
Começa em Abril! 13/03/2017
160 anos de O Livro dos Espíritos 04/03/2017
53 anos de fundação 14/02/2017
GEB celebra 53 anos de fundação 12/01/2017
Fim do recesso. Retomamos todas as atividades da Casa 19/12/2016
Apresentações de Natal do Coral Interludio 18/12/2016
Distribuição de Natal 12/12/2016
20 Anos de Batuíra Jornal 10/12/2016
Distribuição Semestral acontece neste domingo 07/12/2016
EEIJ: emoção no encerramento do ano letivo de 2016 07/12/2016
Nosso Projeto. Sua Obra 15/11/2016
Epístolas de Paulo à luz do Espiritismo 15/11/2016
Lar Transitório completa 14 anos de existência 19/10/2016
Para não se esquecer de Yvonne Pereira 19/10/2016
Destaques da edição 18/10/2016
Educação e Amor 18/10/2016
Colabore! 23/09/2016
Yvonne Pereira: uma heroína silenciosa 22/09/2016
Heloisa Pires no GEB 22/09/2016
Maria Pia retornou ao Mundo Espiritual. 25/08/2016
Batuíra Jornal 06/08/2016
Crianças da EEIJ visitam o Memorial Spartaco Ghilardi 27/06/2016
15 toneladas de alimentos são entregues aos assistidos do GEB na Brasilândia 13/06/2016
Memorial Spartaco Ghilardi: justa homenagem 26/05/2016
Nova edição do Batuíra Jornal 25/05/2016
45 anos distribuindo amor e caridade 10/05/2016
O Livro dos Médiuns – Inscrição Aberta 08/05/2016
104ª Distribuição Semestral: Expresse sua solidariedade! 02/05/2016
Gripe H1N1 - Previna-se! E evite a propagação da doença. 01/05/2016
Semeando amor e solidariedade! 10/04/2016
Ciclo de Palestras foi um sucesso. 10/04/2016
Edição eletrônica do Batuíra Jornal 09/04/2016
Além das fronteiras da Brasilândia 08/04/2016
Batuíra Jornal: edição eletrônica 10/02/2016
Unidade Brasilândia: encontros preparatórios para entrevista de emprego 28/01/2016
52 anos de atividades permanentes 11/01/2016
103ª Distribuição Semestral: Natal solidário para 344 famílias assistidas. 13/12/2015
Edição eletrônica do Batuíra Jornal 25/11/2015
Participe da 103ª Distribuição de Natal na Brasilândia 16/11/2015
Grupo de Estudos A Gênese: Inscrições abertas 16/11/2015
Em uma tarde especial, Festiva faz sucesso! 05/10/2015
GEB publica Folder com novo modelo de gestão. 17/09/2015
Inscrições abertas para o grupo de estudos do livro O Céu e o Inferno 15/09/2015
Mutirão Jurídico na Brasilândia: Acesso à Justiça e Novos Voluntários. 11/09/2015
Reserve sua agenda: Domingo, 04 de Outubro, das 13 às 17 horas. 03/09/2015
Lar Transitório Batuíra: 13 anos de contínuo trabalho 31/08/2015
A celebração dos 150 anos da obra O Céu e o Inferno 27/08/2015
Batuíra Jornal de julho/agosto: Leia a versão eletrônica 19/08/2015
GEB realiza primeiro atendimento jurídico-fraterno externo 03/08/2015
Distribuição Semestral: Acolhimento e Amor ao Próximo. 23/06/2015
Unidade da Brasilândia recebe alunos do Curso Básico de Espiritismo 23/06/2015
Alimentos, roupas, cobertores e calçados para os assistidos do GEB em Vila Brasilândia. 15/06/2015
Novos grupos de estudos do livro "O Evangelho Segundo Espiritismo" 18/05/2015
Dentistas orientam crianças para adequada escovação de dentes 14/04/2015
Curso de Auxiliar de Escritório na Unidade Brasilândia 24/03/2015
Grupo de Estudos de O Livro dos Médiuns: Entrevistas 19/03/2015
Novos dirigentes do GEB para o triênio 2015/2018 18/03/2015
Curso de Teatro: Grupo Brasa Meninos de Brasilândia 02/03/2015
GEB recebe doação da SODEXO na campanha para o Dia Mundial da Alimentação 04/02/2015
Livro retrata a história do Grupo Espírita Batuíra 02/02/2015
Marlene Nobre retornou à pátria espiritual 05/01/2015
50 anos de estudo de O Livro dos Espíritos 22/12/2014
Distribuição de Natal: 309 famílias - 1893 pessoas atendidas. 14/12/2014
Assistidos do GEB recebem nova doação da Sodexo. 12/12/2014
101ª Distribuição Semestral: Ação de Natal Entre Amigos 10/11/2014
Curso de Iniciação à Informática é inaugurado em Vila Brasilândia 07/11/2014
Livro GEB 50 Anos de Mais Luz e concerto sinfônico no Theatro São Pedro 14/10/2014
Lar transitório completa 12 anos 26/09/2014
Unidade Brasilândia inaugura Dispensário de Medicamentos 26/09/2014
Assistidos aplaudem Mutirão de Orientação Jurídico na Brasilândia 26/09/2014
EEIJ: Crianças florescendo na escola presente 19/08/2014
Intercâmbio entre Casas Espíritas: Káritas e Batuíra se ajudam mutuamente. 05/08/2014
Doe Leite em Pó. As crianças da Brasilândia agradecem! 31/07/2014
Cursos profissionalizantes na Unidade da Brasilândia 09/07/2014
Inscrições abertas para o Curso de Informática e Auxiliar de Escritório na Unidade Brasilândia 03/07/2014
100ª Distribuição Semestral 09/06/2014
Centenário de nascimento de Spartaco Ghilardi 06/05/2014
A Água Pede Ajuda! 24/03/2014
Curso de Auxiliar de Escritório na Brasilândia 23/03/2014
GEB se confraterniza com casas espíritas vizinhas, em comemoração ao seu 50º aniversário de fundação. 05/02/2014
Inscrições abertas para curso de Educação Espírita Infantojuvenil 27/01/2014
GEB comemora 50 anos de fundação. 05/01/2014
Distribuição de Natal atendeu 301 famílias em Vila Brasilândia 09/12/2013
Cursos profissionalizantes da Brasilândia empregam 68% dos participantes. 19/11/2013
Festiva foi um sucesso! 07/10/2013
Mutirão Cidadão orientou comunidade na Unidade Brasilândia 03/08/2013
Batuíra Jornal Edição 100: Hora da Retrospectiva 31/07/2013
Therezinha Oliveira retornou ao Mundo Espiritual 29/07/2013
Festiva 2013: festa de congraçamento do GEB 27/07/2013
98ª Distribuição Semestral: nove toneladas de alimentos e quase 25 mil peças de roupas entregues. 10/06/2013
Cursos profissionalizantes gratuitos de modelagem industrial de blusas e costureira(o) na Unidade da Brasilândia. 10/06/2013
Curso gratuito para formação de auxiliar de escritório 10/06/2013
Mocidade comemora 40 anos de existência 10/06/2013
Doação online para a campanha Coração Solidário 25/05/2013
Doe cobertores e alimentos para 98º Distribuição Semestral 10/05/2013
Zita Ghilardi retornou à pátria espiritual 07/05/2013
Estudo do livro O Evangelho Segundo Espiritismo: inscrições abertas. 10/04/2013
Ciclo de Palestras Espíritas 04/04/2013
Mais uma Distribuição Semestral 04/04/2013
Palestras na Brasilândia 02/03/2013
Apolo Oliva Filho retorna à Pátria Espiritual 20/02/2013
Corte e Costura promove integração 08/02/2013
GEB: 49 anos de fidelidade à Doutrina Espírita 09/01/2013
Fim do ano de 2012 no GEB 28/11/2012
Brasilândia retoma trabalho do AA 27/02/2023
XIV Ciclo de Palestras foi um sucesso 06/04/2023
20 de Setembro de 2022, às 19h30 13/09/2022
Aprovados as contas e o relatório de atividades de 2021 21/09/2022
Mocidade Espírita: 50 anos! 20/04/2023
Lar Transitório completa 20 anos 30/08/2022
Nova diretoria do GEB para o triênio 2021-2024 03/02/2021
Novo presidente do Conselho de Administração do GEB 28/09/2022
Douglas retorna à pátria espiritual 12/09/2022
59 Anos: Encontro de Gerações 17/01/2023
80ª A.G.O aprova contas de 2022 do GEB 26/07/2023
Notícias - Mais…